Quais territórios fazem fronteira com Brasil?


Além de viajante, sou viciada em mapas e nascida quase na fronteira. Talvez estes sejam os motivos de ter a resposta enraizada e o objetivo de conquistar todos esses territórios. Contudo, já convivi com pessoas de outros lugares e sei como a pergunta é corriqueira. Então respondo neste artigo e complemento com os relatos sobre os destinos visitados. Também mostro as vantagens de ser nascido nos limites territoriais do Brasil.

Fronteiras parcialmente fechadas por causa do coronavírus

Para conter a propagação do coronavírus, fronteiras do mundo todo foram fechadas e estão reabrindo aos poucos ou voltando a fechar novamente. Aqui na América do Sul não está sendo diferente. Até janeiro de 2021, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Guiana e Guiana Francesa estão abertos para turistas com algumas regras de segurança e vias de acesso específicas. Porém, a situação pode mudar a qualquer momento. Deixo as últimas atualizações:

  • O Brasil voltou a fechar as fronteiras terrestres e marítimas com todos os países somente para estrangeiros não residentes (cônjuge, companheiro, filho, pai ou curador de brasileiro são aceitos). Cargas e agentes de ações humanitárias estão permitidos, assim como a circulação nas cidades gêmeas (sem divisas visíveis como Chuy-Chuí), com exceção da Venezuela.
  • Desembarques aéreos estão permitidos no Brasil, salvo de voos com origem ou passagem pela África do Sul, Irlanda do Norte e Reino Unido. Tanto o estrangeiro quanto o brasileiro deverá apresentar teste negativo RT-PCR realizado em até 72 horas antes do último embarque.
  • Bolívia exige certificado médico com resultado negativo para o teste PCR, emitido no máximo 3 dias antes da chegada. Um formulário também deve ser preenchido.
  • Chile permite turistas com entrada somente pelo Aeroporto Arturo Merino Benítez (SCL) e exige quarentena obrigatória de 10 dias.
  • Equador exige resultado negativo do teste RT-PCR emitido no máximo 10 dias antes da chegada para maiores de 14 anos. Além de formulário preenchido a ser apresentado na chegada.
  • Guiana exige um atestado médico com resultado negativo no teste PCR feito 7 dias antes da chegada, no máximo. Também o preenchimento do “Formulário de localização de passageiros”, obtido pelo menos 24 horas antes da partida.
  • Guiana Francesa solicita um Certificado de Viagem Internacional preenchido e apresentado antes do embarque e na imigração ao chegar. Além disso, os passageiros devem passar por um exame médico na chegada e estão sujeitos à quarentena por um período de 14 dias. É o único país da América do Sul que exige visto para brasileiros.
  • Saiba como acompanhar restrições de cada país no texto Coronavírus e viagens.

Escute a conversa sobre o tema no podcast de 8 de outubro com o jornalista Luciano Nagel.

Se tem viagem marcada para os próximos 60 dias, acompanhe a situação do local desejado para avaliar se vale continuar ou cancelar os planos. Tenho acompanhado de perto e enviado informações para quem se inscreve no site e diz seu próximo destino. Clique no link para saber mais.

Texto original de 2017

Quais territórios fazem fronteira com Brasil?

10 territórios fazem fronteira com Brasil e destes conheço 8, todos com experiências de viagens relatadas aqui no site:

Chile e Equador são os únicos países que não fazem fronteira com Brasil dentre os limites geográficos da América do Sul. Todos os outros tem as divisões determinadas por rios ou recortes naturais na paisagem. A maior distância em quilômetros é com a Bolívia, são 3.126 km. Já a menor são os 593 km com o Suriname.

O grupo completo no Ponto Triplo
O grupo completo no Ponto Triplo

Territórios fazem fronteira com Brasil

Visitar todas as fronteiras ainda não foi possível, mas está na lista de desejos. Abaixo referencio os relatos encontrados aqui no Territórios:

  1. URUGUAI
    Road trip pelo Uruguai
    Rivera, compras e atrações a um passo do Brasil
    Free shops da fronteira – Rio Branco
    Uma lagoa desconhecida – Rio Branco
    Chuy, a porta de compras para o litoral do Uruguai
  2. ARGENTINA
    Paso de los Libres x Uruguaiana
    Macuco x Gran Aventura – Puerto Iguazú
    Comidinhas na região das Cataratas – Puerto Iguazú, Ciudad del Este e Foz do Iguaçu
    Um fronteira para vários estilos – Puerto Iguazú
    A força das águas em Puerto Iguazú
    Roteiro 5 noites em Foz do Iguaçu – Puerto Iguazú e Ciudad del Este
  3. PARAGUAI
    Turismo em Itaipu – Ciudad del Este
    Compras em Ciudad del Este
  4. PERU
    Regras para visitar Machu Picchu
  5. GUIANA
    Desbravando o topo do Monte Roraima – Venezuela, Guiana e Brasil
  6. VENEZUELA
    Expedição dia-a-dia ao Monte Roraima – dia 1 – Santa Helena de Uiarén
    Conquistado pela aventura – dia 6 – Santa Helena de Uiarén
  7. BOLÍVIA
    Viajei de trem de Campo Grande até Corumbá aos 13 anos e não guardei nenhuma informação para poder escrever um texto interessante. O passeio foi de lancha pelas águas do rio Paraguai, o ponto de divisão entre os dois países. Lembro de apreciar a fauna e flora local como tuiuiús e vitórias régias enormes.

Pôr-do-sol na ponte que divide os dois países

Pôr-do-sol na ponte que divide os dois países

Fronteira com Argentina em Uruguaiana

Fronteira com Argentina em Uruguaiana

Fronteira extremo sul com Uruguai

Fronteira extremo sul com Uruguai

Vantagens de ser da fronteira

Vivi a maior parte da minha vida no extremo sul do Rio Grande do Sul – distante apenas uma hora da fronteira mais próxima com Uruguai – e as vezes me sinto mais inserida na cultura do país vizinho do que na brasileira. O que poder soar estranho para alguns, eu digo ser uma riqueza cultural enorme e motivo de orgulho para muitos.

Veja algumas vantagens de ser da fronteira:

  1. Praticamente nascemos bilíngue porque os dois idiomas nos acompanham desde a idade em que temos maior facilidade no aprendizado. Sim, sou fluente em espanhol e não foi preciso estudar muito;
  2. Somos mais tolerantes por empatia. É mais fácil compreender os diferentes pontos de vista dos países vizinhos;
  3. Atravessar a fronteira faz parte da nossa rotina e isto inclui aproveitar preços mais baratos (paraíso dos free shops), comprar o que não está a venda no Brasil e aproveitar a culinária típica de lá e de cá;
  4. Comprar moeda estrangeira é mais barato porque, tanto dólar quanto peso (peso argentino, peso uruguaio, peso colombiano…), tem maior circulação do que qualquer outra cidade afastada da fronteira. Quando a oferta de dinheiro em espécie é grande, os valores de câmbio tendem a diminuir.

Você mora em alguma das regiões de fronteira? Enriqueça este artigo deixando a sua opinião.

Roberta Martins

Comunicadora, criadora de conteúdo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 14 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora.

13 Comentários

  1. Como faço pra mora em outro país vizinho do Brasil ??

    Como funciona a troca de real por $$ de outro pais vizinho ?

    • Roberta Martins Responder

      Visite os sites da embaixada ou consulado de cada país para saber as exigências. Variam bastante.

      Trocar dinheiro é igual aqui, deve ir a uma casa de câmbio ou banco local.

  2. Parabéns e o artigo esta perfeito e bem explicativo sobre o
    assunto. Infelizmente tem poucos sites abordando sobre
    esse assunto. Compartilhei no meu twitter e facebook.

  3. Hermes Dagoberto Responder

    Gostei do assunto de sua divulgação, gostaria de ver se é pertinente para meu site.

    Sds.

  4. Eu e minha esposa somos Arquitetos Empresários e Urbanistas na Regiāo Trinacional entre a Argentina Brasil e o Paraguay, na Terra das Cataratas e de Itaipu. Autores e Coordenadores do Projeto Iguassu/Aguas Grandes – “Pró-Iguassu Trinacional”. Nós os brasileiros, argentinos e paraguayos, especialmente os que vivemos aqui nessa tríplice fronteira entre Argentina Brasil e Paraguay nascemos para estar UNIDOS para sempre a essa maravilhosa terra trinacional que irmana todos os povos. Pois:
    .
    UNIDOS SOMOS MUITO +IGUASSU
    .
    (Visitem nosso site. Integrem nossa Comunidade Regional Fronteiriça Trinacional e compartilhem esse sonho de “Unir os Povos para Celebrar e Preservar a Vida”)
    .
    http://www.PROJETOIGUASSU.com
    .

  5. Olá aqui é a Vanessa Silva, eu gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

  6. Aqui é a Renata Morais, eu gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

  7. Amei! Perfeito. Aqui na nossa capital de Roraima, Boa Vista, aproveitamos a parte economia dos nossos bisonhos, indo as compras na Venezuela e Guiana.

Deixe seu recado, escreva algo

Pin It