SUÉCIA

meia lua com doce de leite

O pão nosso de cada dia e pães pelo mundo


Neste segundo episódio do podcast Tesão de Ouvir – O pão nosso de cada dia, eu e Luciano Nagel contamos sobre os melhores pães que já comemos, a relação do alimento com a humanidade e essa moda de fazer em casa durante a quarentena. Também recordamos experiências culturais e gastronômicas pelo mundo trazendo entrevista com especialistas em panificação e nutrição.

Roberta no frio que vem do sul

O frio que vem do sul e outros roteiros – Tesão de Ouvir


Neste primeiro episódio do podcast Tesão de Ouvir – O frio que vem do sul, eu e Luciano Nagel contamos como é viver no Rio Grande do Sul durante o inverno e o motivo de sentirmos mais frio aqui do que em países com temperaturas muito mais baixas. Nessa conversa, recordamos momentos gelados pelo Brasil e pelo mundo trazendo curiosidades de alguns países e o que mais gostamos de fazer na estação.

Arara-azul

Live streaming animal. Saiba onde assistir


O novo inimigo invisível antecipou tendências e popularizou termos como lives, videoconferência, virtual e live streaming. Se está por fora do significado dessas palavras clique no + abaixo para ler explicações. Já o virtual é tema recorrente por aqui e o último foi uma seleção de tours virtuais interessantes para ver sem sair de casa.

Realidade virtual imersiva

A nova realidade é virtual: 18 atrações sem sair de casa


Mesmo os descontentes com o isolamento social devem admitir: a realidade é virtual e veio para ficar. Com as atrações e fronteiras fechadas, controle de aglomerações e transporte limitado, não basta vontade, nem dinheiro para o lazer fora de casa. O que era tendência, rapidamente preencheu as lacunas impostas pela prioridade em preservar vidas e deve evoluir ao ponto de alguns se contentarem permanentemente com as novas soluções.

Bar na rua em Gotemburgo

Suécia: dicas aos viajantes


Antes de começar a leitura, um aviso, não vai encontrar tudo sobre a Suécia porque minha viagem foi de apenas 13 dias. Mas teve experiências intensas com os locais (suecos e povo sami) e um tempo suficiente para explorar Gotemburgo, a segunda maior cidade do país, além das montanhas na fronteira com a Noruega. Deixo as dicas para planejar a viagem e ir se acostumando com as diferenças culturais.