Categoria

INGLATERRA

Categoria

Relatos de viagem pela Inglaterra escritos por diferentes estilos de viajantes. Inspire-se com fotos e experiências de passar o réveillon na terra da rainha, dirigir na mão inglesa e um monte de passeios na capital.

Inglaterra

Cidades: Brighton e Londres.

Lembre-se! Seguro Viagem é obrigatório

Hide Park

Das poucas vezes que estive em Londres, em todas foi possível passear pelo Hyde Park. Não foi difícil, afinal de contas, o parque fica na região central da cidade e se conecta ao palácio de Buckingham. Na verdade, não ele, mas o grupo de quatro parques diferentes ao qual ele pertence: Hyde Park, Green Park, Saint James’ Park e Kensington Gardens. Hyde Park é apenas o maior e mais famoso deles, seguido de Kensington Gardens.

Camden Town

Seria necessário um livro para descrever a cidade de uma única vez, por isso vou detalhar as dicas e sensações com vários posts, começando por CAMDEN TOWN que é, para mim, o local mais marcante, curioso e peculiar de Londres.

Em Londres

Depois de alguns anos morando na Inglaterra, nada mais era muito novidade. Já viu o museu tal? Já. Já viu o cinema planetário? Claro! E o Big Ben, O London Eye…e a.. Já! Tinha visto, ouvido, experimentado e tocado nas coisas mais bacanas, turísticas ou interessantes de Londres.

Rayanair

Ok! Tudo pronto. Chegamos na estação uma hora antes do horário do ônibus sair. Chegamos no aeroporto de Heathrow (Londres) Tempo suficiente para fazer o check-in, refazer se quiséssemos e ainda jogar cartas num dos cafés do aeroporto. E foi ai que tudo começou.

Dirigir na mão inglesa

Já rodei a Europa inteira de trem. É romântico sim, mas muito cansativo e nada barato. Cheguei a Londres e precisava visitar duas fábricas no interior. Fiz as contas e não tive dúvidas. Decidi alugar um carro econômico. A carteira de motorista brasileira é aceita por lá e não há problemas em dirigir mão inglesa. No Brasil é do lado esquerdo e na Inglaterra do lado direito.

Londres no inverno

Preciso de muitas idas a esta cidade maravilhosa para escrever um bom texto, deixo um pouco de como foi Londres no inverno. Quero voltar na primavera para aproveitar os parques, em agosto para as liquidações de verão ou em qualquer época para conhecer o que faltou.