Vacina da Febre Amarela para viajantes


Informações e dicas para quem vai viajar para áreas de risco no Brasil, na África ou para países que exigem o certificado internacional comprovando que tomou a vacina da Febre Amarela. Inclui o novo procedimento online para baixar e imprimir o certificado.

[accordion][accordion_item title=”O que é a Febre Amarela? Clique pra saber”]

Febre Amarela é uma doença que pode ser fatal conforme a intensidade e falta de tratamento médico. É transmitida por mosquitos para pessoas não vacinadas. A vacinação está disponível nos postos de saúde de todo o país e é recomendada para quem habita ou visita áreas de risco. Atenção, pessoas ou macacos são vitimas e não transmitem a doença, somente os mosquitos na mata ou na cidade.

O mosquito transmissor é originário da América do Sul e da África. Surtos ocorrem de tempos em tempos em diferentes países desses continentes.

[/accordion_item][/accordion]

Região endêmica do mosquito transmissor em vermelho, áreas de risco atuais em laranja
Região endêmica do mosquito transmissor em vermelho, áreas de risco atuais em laranja (fonte: Wikipedia)

Lembro de ficar feliz com a seguinte notícia divulgada em 2016 pela Organização Mundial de Saúde (OMS): a vacina da Febre Amarela agora é válida por toda a vida. Não precisa mais repetir a cada 10 anos. Isto somado à redução de casos no mundo, fez alguns países deixarem de exigir a carteira internacional de vacinação para brasileiros entrarem em seus países. Eu já tomei três vezes e agora nunca mais.

No entanto, a felicidade geral durou pouco com o surgimento de um novo surto no sudeste do Brasil. Como resultado, companhias aéreas voltaram a não deixar embarcar passageiros sem carteira internacional de vacinação quando os destinos exigem a vacina da Febre Amarela. Ou seja, nem tem como sair do Brasil se não tiver tomado a vacina até 10 dias (prazo para o remédio fazer efeito) antes de embarcar para um dos países da lista abaixo. Geralmente, o comprovante é solicitado pelas companhias aéreas antes do embarque no Brasil e pelos funcionários do departamento de imigração ao desembarcar.

Quem vai viajar para o exterior

Quem já tomou a dose única da vacina e tem o certificado internacional de vacinação com informações preenchidas sobre a vacina da Febre Amarela, não precisa fazer mais nada. Apenas leve o certificado junto com o passaporte na viagem. Mesmo se a data estiver vencida. Conforme a OMS, uma dose vale para a vida toda.

No momento, 135 países exigem a vacina da Febre Amarela:

Afeganistão, África do Sul, Albânia, Angola, Antígua e Barbuda, Antilhas Holandesas, Arábia Saudita, Argélia, Argentina, Aruba, Austrália; Bahamas, Bahrein, Bangladesh, Barbados, Belize, Benim, Bolívia, Botswana, Brunei, Burkina Faso, Burundi, Butão, Cabo Verde, Camarões, Camboja, Cazaquistão, Chade, China, Colômbia, Coreia do Norte, Costa do Marfim, Costa Rica, Cuba; Djibouti, Dominica; Egito, El Salvador, Equador, Eritreia, Etiópia; Fiji, Filipinas; Gabão, Gâmbia, Gana, Granada, Guadalupe, Guatemala, Guiana, Guiana Francesa, Guiné, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau; Haiti, Honduras; Ilha do Natal, Ilha Norfolk, Ilhas Salomão, Índia, Indonésia, Irã, Iraque; Jamaica, Jordânia; Kiribati; Laos, Lesoto, Libéria, Líbia; Madagáscar, Malásia, Malawi, Maldivas, Mali, Malta, Martinica, Maurício, Mauritânia, Mayotte, Moçambique, Myanmar; Namíbia, Nauru, Nepal, Nicarágua, Níger, Nigéria, Niue, Nova Caledónia; Omã; Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Pitcairn, Polinésia Francesa; Quênia, Quirguistão; República Centro-Africana, República Democrática do Congo, República do Congo, Reunião, Ruanda; Samoa, Santa Helena, Santa Lúcia, São Bartolomeu, São Cristóvão e Nevis, São Martinho, São Tomé e Príncipe, São Vicente e Granadinas, Senegal, Serra Leoa, Seychelles, Singapura, Somália, Sri Lanka, Suazilândia, Sudão, Sudão do Sul, Suriname; Tailândia, Tanzânia, Timor-Leste, Togo, Trindade e Tobago, Tristão da Cunha; Uganda; Venezuela, Vietnã; Wallis e Futuna; Zâmbia e Zimbabwe.

Se vai viajar para um desses lugares e ainda não tomou a vacina. Veja mais abaixo os próximos passos. E confirme com a companhia aérea ou nesta página da ANVISA, afinal, novos destinos podem aumentar essa lista a qualquer momento.

Quem vai viajar dentro do Brasil

Ninguém é obrigado a tomar a vacina da Febre Amarela para viajar pelo Brasil, mas é altamente recomendado para evitar a doença nas áreas de risco. Conforme os surtos anteriores e por ser região endêmica do mosquito transmissor da Febre Amarela, era necessário tomar a vacina somente para viajar para Amazônia e Pantanal. Agora a área de risco aumentou para Bahia e Sudeste. Ou seja, se a ideia é passar o carnaval no Rio de Janeiro, melhor se vacinar até 10 dias antes de partir.

Os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia estão recebendo ou vão receber doses fracionadas da vacina. Esta serve para viajar pelo Brasil e deve ser tomada novamente daqui a 8 anos. Mas se a ideia for incluir um roteiro internacional no futuro, tente tomar a dose única padrão.

Como fazer a vacina da Febre Amarela

Procure o posto de saúde do SUS ou serviço privado de vacinação credenciado mais próximo e solicite, é grátis pelo sistema público de saúde. Porém, com tantas pessoas procurando tomar a vacina por conta do surto, alguns postos de saúde não estão dando conta da demanda. Alguns só atendem por senha pra quem chegar primeiro e outros só com agendamento prévio. Confirme como esta a situação na sua região e organize-se para tomar a vacina com 10 dias de antecedência da viagem.

Recomendo guardar a carteira de vacinação mesmo se não for viajar agora, somente com ela poderá tirar o certificado sem precisar de uma nova vacina. E reforço, a dose fracionada não vale pra viajar para fora do país. É necessário um intervalo de 1 mês para tomar uma nova dose. Se a viagem for para o exterior leve a passagem aérea para comprovar.

receba dicas por e-mail

[tab] [tab_item title=”” open=”true”]Quem não pode tomar a vacina*

  • Crianças menores de 6 meses
  • Pessoas que estejam fazendo agora quimioterapia e radioterapia
  • Pessoas com alergia a ovo

Quem deve consultar o serviço de saúde antes de tomar a vacina*

  • Idosos
  • Gestantes
  • Mulheres amamentando
  • Pessoas que vivem com o HIV
  • Pessoas que terminaram o tratamento de quimioterapia e radioterapia
  • Pessoas com doenças do sangue

*Se tiver alguma dessas contraindicações médicas para a vacinação, deverá apresentar o relatório médico atualizado devidamente assinado e carimbado, antes da data de viagem. ANVISA recomenda um atestado em francês ou inglês.

Mais informações sobrea a vacina no Portal do Ministério da Saúde. [/tab_item][/tab]

Certificado internacional de vacinação e profilaxia
Certificado internacional de vacinação e profilaxia

Como fazer o certificado internacional de vacinação e profilaxia (CIVP)

Online

Desde abril de 2019, o viajante pode emitir o certificado pela Internet. Basta fazer cadastro no Portal de Serviços. Depois, deve-se preencher o formulário, enviar uma foto ou RG digitalizados e também o comprovante de vacinação, entregue pelo posto de saúde na ocasião do procedimento.

Depois de enviar os documentos, é preciso esperar até cinco dias úteis para receber o e-mail da Anvisa com o CIVP. Imprima e assine (menores de idade devem ter o documento assinado pelo responsável legal). A segunda via pode ser impressa a qualquer momento no site do Portal de Serviços. 

Presencial

Com a carteira nacional de vacinação em mãos e devidamente preenchida sobre a Febre Amarela, faça um cadastro no site da ANVISA e agende o atendimento em um dos centros de orientação ao viajante (COV). No dia agendado leve carteira de vacinação, um documento original com foto e a passagem para o país que exija a certificação. A presença física do interessado é obrigatória, exceto crianças ou adolescentes menores de 18 anos, neste caso, os pais ou responsáveis podem representa-los.

Se estiver fora do Brasil, esta página da ANVISA explica como emitir a 2° via do CIVP.

Em São Paulo, o melhor lugar para tomar a vacina e sair com o certificado internacional no mesmo dia era o Instituto de Infectologia Emilio Ribas. Como esta na zona de risco, é preciso confirmar esta possibilidade.

Tirei o certificado duas vezes no Rio Grande do Sul, primeiro no Porto de Rio Grande e depois no Aeroporto de Porto Alegre e o atendimento sempre foi rápido.

Alguns Centros de Orientação ao Viajante

PORTO DE RIO GRANDE
Atendimento: segunda a sexta-feira, 8h às 12h e 13h às 17h.
Endereço: Rua Marechal Floriano 5 – 3º piso.

AEROPORTO DE PORTO ALEGRE
Atendimento: segunda a sexta, 8h às 14h.
Endereço: Av. Severino Dullius nº 90010 – Terminal 1- 2° piso.

INSTITUTO DE INFECTOLOGIA EMILIO RIBAS
Atendimento: segunda a sábado, 8h às 17h.
Endereço: Av.Dr.Arnaldo,165- Cerqueira César.

INICIAL » + » NOTÍCIAS » Vacina da Febre Amarela para viajantes

©Todos os direitos reservados.

Roberta Martins

Comunicadora, criadora de conteúdo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 14 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora.

Deixe seu recado, escreva algo

Pin It