Quando se chega à Dublin, a sensação de imediato é que a cidade tem trilha sonora. Principalmente no reduto turístico conhecido como temple bar, região onde se concentram os pubs mais visitados por turistas. Basta caminhar pelas ruas para encontrar verdadeiros talentos musicais (ainda desconhecidos), tocando, cantando e tentando vender seus cds gravados de forma independente. Para quem está passando por ali, é simplesmente impossível não parar para ouvir a música. Tamanha a energia deste pessoal, incrivelmente animado e motivado pelo sucesso dos famosos conterrâneos como: U2, Cranberries, Corrs, Sinead O’Connor entre outros.

Atenção! Reino Unido está fechado para turistas.

Nota do editor: Este não é o melhor momento de viajar para fora do Brasil, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco!

Rio Liffey
Rio Liffey

Dublin

Por Raul Botelho ℹ︎

As opiniões expressas pelos viajantes colaboradores são próprias e nem sempre refletem o pensamento do Territórios. Conheça o autor ou deixe um comentário.

Traditional Irish Pub
Traditional Irish Pub

Uma outra sensação que fica é que se bebe o tempo todo e, isso de fato é verdade, a capital tem muitos pubs, cada um mais lindo e convidativo do que o outro. Não tem como resistir à uma boa cerveja. Aos sábados os pubs ficam lotados, pois o pessoal também é fanático por futebol e todos acabam indo torcer juntos, acompanhados, é lógico, de uma boa cerveja.

Apesar de ser a capital da Irlanda, Dublin é uma cidade relativamente pequena onde se consegue fazer quase tudo a pé mesmo, apesar do transporte público funcionar bem. Rica em herança cultural, foi o primeiro local fora da Escandinávia onde os Vikings fundaram seus povoados e portos no século IX. Hoje, muito tempo e muitas lutas depois, a cidade está consolidada como moderna e com uma população em torno de um milhão de habitantes orgulhosa do passado glorioso de seus antepassados.

ENCONTRE HOTEL NA CIDADE

Temple bar, em Dublin
Temple Bar Pub

The Duke Pub

Banca de flores na rua
Banca de flores na rua

Experiências musicais em Dublin

Clique aqui se as imagens não aparecem no seu celular. Será direcionado para site parceiro do Territórios.

Algumas atrações imperdíveis em Dublin, além dos pubs, são:

Oscar Wilde

O Trinity College

A mais importante universidade Irlandesa, fundada pela Rainha Elizabeth I em 1592, teve em suas classes alunos famosos tais como Oscar Wilde, Oliver Goldsmith, Edmund Burke entre outros. Fica no centro da cidade.

Trinity College
Trinity College

Grafton Street, em Dublin
Grafton Street

Grafton Street

É uma rua/calçadão onde é possível passear e olhar as vitrines das grifes famosas. Elas dividem espaço com bancas de flores e artistas mambembes que fazem apresentações para os passantes. No final da Grafton Street, fica o Saint Stephen’s Park, um parque no centro da cidade que vale a visita pois é maravilhoso.

Guiness Storehouse

A Guiness é a cerveja preta e amarga patrimônio da Irlanda. Por isso, criou um passeio sensacional por sua fábrica (de 1759) onde é possível visitar todo o processo de fabricação e depois finalizar tomando uma Guiness no bar, localizado no alto com uma vista 360° da cidade.

Christ Church Cathedral
Christ Church Cathedral

Saint Patricks Cathedral

Tem ainda a Christ Church Cathedral, St. Patrick’s Catedral e o Castelo de Dublin que valem a visita e, como já foi dito, fica tudo muito perto. Com o mapa fornecido pelo hotel ou aplicativo no celular é possível achar tudo muito fácil. Em quatro ou cinco dias dá para conhecer a cidade de ponta a ponta com calma.

Tome Nota Dublin

Quanto tempo ficar em Dublin ? uma boa opção é estadia de quarta a domingo, quando realmente a cidade fica movimentada com muitos visitantes de Europa toda.

Veja mais fotos de Dublin:

Artista de rua em DublinArtista de rua em DublinRaul em DublinRaul em Dublin

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

INICIAL » IRLANDA » DUBLIN » Uma experiência musical em Dublin
Author Raul Botelho

Apesar de ser nascido em uma cidade pequena, no interior do estado de São Paulo, tive a oportunidade de conhecer várias cidades ainda muito novo, pois meu pai era motorista de caminhão e eu sempre aproveitava pra viajar junto, quando possível. Hoje percebo que foi nessa época, ainda criança que descobri a paixão por viagens, por novos lugares, novas pessoas e diferentes costumes.

9 Comentários

  1. Gisela, não se preocupe Newport News em breve receberá um post, provavelmente em Julho não é? E se não tiver muita coisa a gente incrementa com uma ida a Washington DC.
    Obrigado pelo elogio e um beijo

  2. Man, show de bola o seu post. Dublin é isso aí, trilha sonora própria o tempo todo, dentro e fora dos pubs. Fiz um post sobre o Temple Bar no meu blog, onde falo um pouco disso, mas dou mais ênfase nos assuntos cervejeiros, rsrs. Parabéns. Cheers

  3. Agustin O'brien Caceres Responder

    lindas as fotos.
    interessante como de um pais tao pequeno descendem 36 milhoes de americanos, 1 milhao de argentinos, 1 milhao de canadenses e 2 milhoes de australianos!

  4. Chefe,adorei o texto… Realmente Dublin é tudo isso, eu adoro sair de casa para andar na GRAFTON STREET e ver muitos cantores de rua que me tira o folego… Bjs e boa sorte com o Blog, aDOREII

  5. Tio Raul é praticamente um guia de rotas interessantes para se visitar.! Hahaha um dia eu chego lá…

  6. Raul, fiquei preocupada agora…. O que e que Newport News vai poder te oferecer, ate o Porto Que ja foi novo hoje e velho….. Kkkkk Que piadinha filers Kkkkkk. Parabens!!! O texto e as fotos sao otimos!

  7. Olha, fiquei realmente com vontade de conhecer Dublin!
    O texto é claro, as fotos ma-ra-vi-lho-sas e as dicas: ótimas!!!

    Vou seguir e indicar!!!

    😉

  8. Adorei o texto parabéns!
    Muito simples e ao mesmo tempo disse tudo que se pode encontrar em Dublin em pouco tempo!
    Morei lá e posso dizer que vale muito a pena conhecer, e tomar uma “pint” de Guinness com certeza!

Deixe seu recado, escreva algo

Pin It