Monte Roraima

Um Monte de surpresas


Além dos belíssimos jardins, o cume do Monte Roraima esconde instigantes formações rochosas que parecem seres nos espionando o tempo todo. Despertam nossa imaginação na tentativa de identificar semelhanças com o que conhecemos como rostos de pessoas, objetos e animais. Da mesma maneira como a brincadeira de enxergar desenhos nas nuvens.

Read in English

Leia todos os artigos sobre Roraima

Nota do editor: aqui no Territórios, nossa prioridade é fornecer aos leitores as informações necessárias para tomar decisões sobre viagens, além de inspiração e conhecimento. Este não é o melhor momento de viajar pelas fronteiras, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco!

Instigantes formações rochosas
Instigantes formações rochosas

Um Monte de surpresas

São milhares de pedras pretas espalhadas pelo topo que foram esculpidas pelo vento e pela água durante milhões de anos. Elas assustaram os primeiros exploradores, inspiraram escritores e fascinam aventureiros até hoje (conheça essa história aqui).

Uma caravana de tartarugas?
Uma caravana de tartarugas?
Rostos dão as boas vindas na chegada ao topo
Rostos dão as boas vindas na chegada ao topo

A formação mais famosa é vista desde a estrada antes de começar a trilha, o Maverick. É o ponto mais alto do Monte Roraima e tem o formato do carro. Perto do topo encontramos a imagem que representa Makunaima e, logo em seguida, os guardiões. Os rostos de índios e camelos formam o portal de entrada para o cume e para começar a soltar a imaginação.

Tem cavernas aí dentro
Tem cavernas aí dentro
Sapo endêmico Oreophrynella Quelchii
Sapo endêmico Oreophrynella Quelchii

Aparentemente não existe vida animal, mas o olhar atento percebe borboletas, libélulas, sapos, lagartos, centopeias e aranhas. Todos de cor escura camuflados nas pedras pretas do topo ou escondidos no meio da vegetação. A cor é devido ao excesso de melanina para protege-los das fortes radiações solares. Alguns só aparecem com o sol, outros só com a chuva.

Poça d'água lembra um jacaré
Poça d’água lembra um jacaré

E também pode trabalhar a criatividade olhando as nuvens, bastante expressivas, e as poças no chão. Estão vendo como essa viagem é perfeita para exercitar o corpo e a mente?

Camadas de nuvens vem com os fortes ventos formando imagens interessantes
Não esqueça de continuar prestando atenção nas nuvens

Mais textos sobre a expedição Monte Roraima:

Trilhas no mundo perdido

Subindo o Monte Roraima

Dicas para subir o Monte Roraima

No topo do Monte Roraima

As dores de uma trilha longa

O dia a dia da expedição

O que levar na expedição de 6 dias

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

INICIAL » VENEZUELA » MONTE RORAIMA » Um Monte de surpresas
Roberta Martins

Roberta Martins

Comunicadora, criadora de conteúdo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 14 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora.

1 comentário

Deixe uma resposta