Tepui Kukenán: lendas, mistérios e cenários


A montanha vizinha ao Monte Roraima é chamada Matawi (mata gente) porque era onde aconteciam os sacrifícios. Os indígenas se ofereciam quando algo não estava bem e se jogavam do ponto mais alto para acalmar Makunaima (o Deus deles) ou pagar promessas. Para nós a montanha é conhecida como Tepui Kukenán, mas nenhum local se atreve a acompanhar as expedições para lá e os guias dizem que é bem agressivo chegar ao topo. 

Read in English

O texto continua após os serviços recomendados no destino.

Leia todos os textos sobre Monte Roraima

AGILIZE SUA VIAGEM
Não esqueça do seguro viagem! Saiba como comprar online

Tepui Kukenán

Kukenán, Parque Nacional Canaima - Venezuela
Kukenán, Parque Nacional Canaima – Venezuela

Na minha ida houve um fato bem curioso quando passei em frente a montanha.

Clique para receber dicas da América do Sul por e-mail

Read in English

No caminho para o Monte Roraima (ao fundo), Parque Nacional Canaíma – Venezuela
No caminho para o Monte Roraima (ao fundo), Parque Nacional Canaíma – Venezuela

No meio do caminho para o Monte Roraima, bem em frente ao ponto de sacrifício do Kukenán, havia uma caveira feita de pedras com um rosto esculpido no crânio e folhas indicando enforcamento. Percebi que a cena surpreendeu os índios que vinham atrás de mim; eles deram risadas, mas quando me aproximei e perguntei, fecharam a cara e apenas disseram que era algo novo, feito por algum carregador. Nunca fiquei sabendo o significado, mas foi algo instigante de se ver antes de começar a subida. Mais alguém viu ou tem a explicação?

Pôr do sol mágico

Read in English

Tepui Kukenán, Santa Elena de Uiarén - Venezuela
Tepui Kukenán, Santa Elena de Uiarén – Venezuela

Já no topo, um dos momentos inesquecíveis foi essa paisagem no acampamento base. Entre o Monte Roraima e o Kukenán (montanha ao fundo) existe uma floresta densa, dela surge uma nuvem que vai crescendo e insiste em encobrir tudo quando o final do dia se aproxima. Por alguns minutos a nuvem ficou dourada seguindo a mesma cor laranja da linha no horizonte. Todos se exaltaram com a esperança de que seria um final de tarde daqueles, mas em segundos ela tomou conta de tudo e trouxe muita chuva. Mas valeu pelo instante de sol mágico no Kukenán

Saiba tudo sobre a minha Expedição Monte Roraima no índice de posts

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Você está em INICIAL » VENEZUELA » MONTE RORAIMA » Tepui Kukenán: lendas, mistérios e cenários
Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 15 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

3 Comentários

  1. Virgilio Abreu Pestana Responder

    Una parte del Matawi tepuy se encuentra en el Parque Nacional Canaima de Venezuela y otra parte pertenece al Monumento Natural Cadena de Tepuyes Orientales de Venezuela, donde también se encuentra el tepuy Roraima y el Uei tepuy, estos dos últimos vecinos con el Parque Nacional do Monte Roraima de Brasil.

Deixe seu recado, escreva algo