URUGUAI

Volta ao passado em Colônia do Sacramento


Colônia do Sacramento, ou Colonia del Sacramento em espanhol, é destino super agradável tanto no inverno quanto no verão. Tem doce de leite, confeitarias, parrilladas, vinhos, livrarias, cafés… mas isto tem por todo o Uruguai! A exclusividade é fazer uma viagem no tempo caminhando na cidade fundada pelos portugueses em 1680, disputada por quase cem anos com os espanhóis e desenvolvida para o turismo desde o início do século XX.

Texto continua após serviços. Links podem nos gerar comissão, mas você não paga nada a mais por isso.

Leia todos os artigos sobre o país

Pegue as dicas para viajar de carro

Seguro viagem é obrigatório no Uruguai. Faça orçamento aqui.

Conta internacional é a melhor forma de levar dinheiro e aproveitar os benefícios ao turista

Colônia do Sacramento

As primeiras quadras da entrada da cidade é um local como qualquer outro do interior do Uruguai, têm praças, igreja, comércio… Até chegar perto do centro histórico quando aumenta o número de bares e restaurantes com mesas nas ruas. As ruelas, casas conservadas, ruínas e sinalizações vão surgindo e trazendo à tona um passado colonial.

O Centro Historico convida a descobrir seus segredos pelas ruas de pedra, casas centenárias e detalhes charmosos nas janelas, carros e luminárias. Somando a Plaza de Toros, o conjunto arquitetônico preservado rendeu à cidade o título Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

propaganda criativa em Colônia do Sacramento
Estilo em Colônia do Sacramento

Colônia do Sacramento surgiu estrategicamente para defender o território porque foi (e ainda é) lugar de passagem importante por ficar nas margens do Rio da Prata, bem em frente ao porto de Buenos Aires.

receba dicas do Uruguai por e-mail

CURIOSIDADE
Colônia do Sacramento é a terra natal do viajante e patrono da imprensa brasileira. Hipólito José da Costa fundou o primeiro jornal genuinamente brasileiro em 1808. Impresso em Londres, o Correio Braziliense circulou clandestinamente pelo Brasil por mais de 14 anos defendendo a independência do nosso país. 

Muitas flores e detalhes nas ruas de Colônia de Sacramento
Muitas flores e detalhes nas ruas

O que fazer em Colônia do Sacramento

São diversos museus, casinos, restaurantes e boa oferta hoteleira o ano todo, no verão ainda têm as praias de água doce e mais opções de esportes aquáticos e terrestres. As letras com o nome da cidade estão em frente ao rio da Prata, no meio do Balneário Municipal, com passagem pavimentada até o Centro Histórico.

Antes e para o outro lado da rua principal, tem a Plaza de Toros com arquitetura única recentemente restaurada. Funcionou para o objetivo principal de 1910 a 1912, quando o governo do Uruguai proibiu as touradas no país, atualmente abre para eventos.

A Calle de Los Suspiros é a rua onde se concentram as casas mais antigas até o Farol, suba para ver o Centro Histórico e o Rio da Prata por um ângulo diferente. São apenas 118 degraus. Perto fica ponte histórica e mais adiante tem feirinha vendendo artesanato e produtos típicos como lãs, cuia bomba e erva. Continuando a caminhada chega ao Muelle de Colonia del Sacramento, ambiente legal para sentar e curtir a paisagem.

Muelle de Colônia de Sacramento
Muelle de Colônia do Sacramento

pôr do sol visto no Rio da Prata é atrativo imperdível, quando as nuvens não atrapalham. O mar está longe, a água é barrenta e a areia é grossa. Mas tem as árvores para fazer sombra natural e a temperatura do Rio da Prata costuma ser mais quente quando comparada ao Oceano Atlântico. As praias mais urbanas ficam na costa oeste de Colônia do Sacramento, enquanto as mais refrescantes e escondidas estão na costa leste. Praia Santa Ana é uma dessas, recebe a brisa que vem do mar, sendo preciso passar por um bosque para chegar até ela.

Fim de tarde com sombra das árvores em Colônia de Sacramento
Vista para o Rio da Prata no fim de tarde

O que fazer em Colônia do Sacramento no inverno

Voltando a estação mais aconchegante do ano, peguei um dia ensolarado e gelado na minha primeira visita. Foi muito agradável passar horas caminhando por ali vendo o cenário mudar conforme a luz solar. As ruas arborizadas, com poucas folhas secas, predominavam na paisagem e poucos turistas circulavam, para a alegria dos fotógrafos.

Aproveite que o Uruguai é um excelente destino para viagens de carro e alugue o seu. Saiba como.

R$44,90

Botão para comprar guia Uruguai de Carro com as formas de pagamento

Se prefere todo o conteúdo para consultar durante a viagem e ainda ter sugestão de roteiros com mapa interativo detalhado, adquira o guia Uruguai de Carro.

Uruguai de Carro
Viaje para o Uruguai de Carro e pegue todas as dicas aqui no Territórios

E as outras estações

Na verdade, Colônia do Sacramento é bom o ano todo e a diferença é pessoal. Eu acho mais charmoso no outono / inverno e gosto de ter opção de banho de rio no verão. Dizem ser a primavera (ainda não fui) a melhor época pelo clima mais agradável, além das floreiras nas casas coloniais ficarem ainda mais coloridas. Alguns reclamam do frio no inverno, do clima abafado no verão e das chuvas no outono, embora as precipitações aumentem de outubro a abril, confirmando que a melhor época para fotografar é no inverno.

Se gosta de tranquilidade, saiba que o movimento diminui bastante no final da tarde porque a maioria dos turistas vem passar o dia e vai embora. Portanto, recomendo passar ao menos uma noite para conhecer esse outro lado de Colônia do Sacramento. Geralmente fico 3 dias.

Circular pelos arredores é outra pedida, vinícolas e estâncias alavancam o turismo rural na região.

Tours

Alguns restaurantes

Bizcochos e media lunas nas padarias
Os famosos bizcochos com creme de ovos ou doce de leite

Descubra a padaria (panaderia) mais próxima do seu hotel e tenha fartura com preços justos. Quase sempre tem mais variedade nas chamadas facturas (massas doces) do que nos cafés da manhã oferecido pelas hospedagens, além das vitrines serem tentadoras. Durante o verão, eu passava antes de ir à praia e só pensava em restaurantes para a hora do jantar.

Todas as comidas típicas uruguaias, encontrei em vários ambientes dentro do Mercosur. Tem área para crianças e um milanesa gigante para três pessoas famintas.
Onde: na Av. General Flores, 252.

O restaurante Viejo Barrio Restaurant e Bar é um clássico e continua com preço honesto por estar em zona turística. O ambiente na rua é agradável e o atendimento é eficiente. Oferece massas e a típica culinária uruguaia.
Onde: Avenida General Flores, 112.

La Mia Pizza é uma ótima opção para comidas rápidas a um preço justo. Empanadas e pizzas são o carro chefe. Experimentei a segunda opção e aprovei. Pizzas quadradas são servidas em tábuas com excesso de queijo como são as deliciosas pizzas uruguaias.
Onde: 18 de Julio, 267.

Punta Piedra Parrilla é uma casa de pedra com fachada preservada serve a tradicional parrilla, porém, alguns dos meus pedidos estavam em falta no dia e foi bastante demorado para servirem, embora o garçom tenha sido atencioso.
Onde: Av. General Flores, 248.

Bortolot Gelato & Caffe é perfeito para o café da tarde acompanhado de um doce ou sorvetes a qualquer hora do dia. O sorvete é artesanal e com variedade em sabores, mas o atendimento é lento quando o local está cheio.
Onde: Avenida General Flores, 89.

Hotel em Colônia do Sacramento

Os hotéis afastados do centro são mais modernos, tem estacionamento e ficam perto das praias do Rio da Prata. Portanto, os preços estavam bem mais caros do que eu esperava. Procurei e encontrei uma opção em um bairro bem tranquilo, em outra vez acabei em um prédio antigo pertinho do agito. As duas localizações foram boas, mas para quem viaja sem carro, o ideal é ficar em um ponto central. A opção econômica e bem localizada é no Hostel El Español, é hostel com quartos privativos. O Spa Hotel La Reserve têm problemas no atendimento e estrutural, no entanto, foi um bom custo benefício considerando o conforto do quarto e localização.

Hostel fica três quadras da ponte histórica
Hostel fica três quadras da ponte histórica

Como chegar

As opções são carro, barco, ônibus ou excursão. A partir de Montevidéu (180 km) ônibus partem do Terminal Tres Cruces em vários horários. De Buenos Aires (43 km pelo Rio da Prata) tem o ferry onde pode ir com ou sem carro. Também com saídas diárias.

Como circular: pode alugar diversos tipos de transporte como motos, carros de golfe, bicicleta… ou pegar um táxi para percorrer todos os pontos. Mas do porto à cidade histórica não é necessário, é plano e muito agradável de percorrer a pé. Descendo na rodoviária vá direto ao centro de informações ao turista pegar o mapa. Um funcionário simpático explica todos os detalhes para explorar a cidade e por qual caminho seguir. São cerca de 900 metros até o Centro Histórico.

Tome Nota Colônia do Sacramento

Não viaje para o Uruguai sem o seu cartão Wise para economizar aproveitando os benefícios para turistas e menos taxas de câmbio.

O que levar no verão: repelente, afinal fica nas margens de um enorme rio como o Rio da Prata os mosquitos atacam para valer.

Compras: por ser na fronteira com a Argentina, também tem free shop Neutral e a bordo dos ferrys.

Galeria de fotos

Gostou da informação e quer ver mais? Então, acesse o Google Notícias, selecione a opção “✩ Seguir” e não perca mais nenhuma novidade do Territórios no seu celular!

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, dados de internet e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Por onde começar a planejar a viagem

  1. Se já sabe, se inscreva dizendo para onde será a próxima viagem e receba dicas exclusivas por e-mail.
  2. Quando a data estiver definida, pesquise as passagens áreas ou aluguel de carro. Mas antes de finalizar a compra, faça o seguro viagem quase simultaneamente para ter eventuais cancelamentos cobertos, além de assistência médica e perda de bagagem.
    2.1 Avalie levar dados de internet e vá comprando a moeda aos poucos.
  3. Então monte o roteiro e vá fazendo as reservas de hospedagem e passeios conforme o tempo disponível.
  4. Sem tempo para pesquisar? Clica no botão e preencha o formulário para entrarmos em contato com uma solução para você.
Inscrição para participar da viagem

A seguir deixo mais links sobre essa mesma região ou experiência.

^ Voltar início ^

Você está em INICIAL » URUGUAI » COLÔNIA DO SACRAMENTO » Volta ao passado em Colônia do Sacramento

Gostou da informação e quer ver mais? Então, acesse o Google Notícias, selecione a opção “✩ Seguir” e não perca mais nenhuma novidade do Territórios no seu celular!

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, dados de internet e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 16 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

2 Comments

  1. Adorei conhecer Colônia do Sacramento atraves das tuas fotos, lugares maravilhosos, bjs

    • Roberta Martins Reply

      Oi Patricia, fico feliz. Sempre peguei dias lindos para tirar várias fotos legais. Quando tiver oportunidade vá pessoalmente sentir o clima da cidade. bjs

Write A Comment