Para onde não viajar em 2021


Entre o fim de um ano e início de outro começam a surgir as tendências de destinos em alta para viajar, mas a melhor utilidade para elas é ajudar a definir para onde não viajar. Explico no episódio de podcast e selecionei algumas listas famosas que acompanhei nas últimas semanas. Aperte o play e continue lendo para ver os destinos.

Busque Tesão de Ouvir na sua plataforma de áudio preferida e comece a seguir para novos episódios.
Escute e siga no Spotify

Para onde não viajar em 2021

Chega a ser batido, mas essa época sempre tem as tendências para o próximo ano no formato lista, seja as praias mais bonitas do mundo ou o melhor do ano por especialistas, entre outras, a novidade para 2021 é onde viajar no pós-pandemia.

Confesso, gosto e confiro essas matérias para repassar a informação aos leitores ou incluir novos lugares na minha lista de desejos e também para ficar orgulhosa de já ter visitado alguns deles. Porém, a maior utilidade delas é me ajudar a definir para onde não viajar nos próximos meses.

Verdade que há listas e listas, mas quando se trata das globais e famosas como publicadas pela Lonely Planet, New York Times, National Geographic e similares, é um alerta porque milhares de pessoas vão querer visitar esses lugares nos próximos anos. Provavelmente será caro, lotado e talvez até decepcionante.

Se já prestava atenção nesse detalhe e não gostava de aglomerações antes da pandemia, agora evito mesmo esses lugares em destaque. Claro, tem aqueles sonhos pessoais ou destinos que nunca saem dessas listas, nesse caso, vou pesquisar bem e planejar para não ir na alta temporada. 

Já as listas de blogs ou veículos menores pode conter descobertas interessantes se a recomendação ainda não está nos holofotes, principalmente as experiências que exigem esforço físico ou sair da zona de conforto.

As listas da National Geographic, por exemplo, são pura inspiração quando menciona regiões que nunca ouvi falar ou uma experiência diferente. Quando algo chama minha atenção, salvo, pesquiso e avalio se dá para ir agora, ou melhor deixar guardado para o futuro.

Afinal, as listas mudam e o que está na moda hoje, pode ficar esquecido como aconteceu com Dahab, no Egito. Visitei anos após o auge e foi a melhor experiência no país. Outra lista que vale dar uma olhada é mais buscados nos sites que vendem passagens ou nas pesquisas do Google mesmo.

As listas famosas

Deixo a seguir os destaques das listas mais conhecidas que costumo acompanhar com link para ler a matéria original (em inglês). Quando o nome do destino está sublinhado é porque já visitamos e o direcionamento é para as nossas experiências.

Lonely Planet

O melhor em viagens é um clássico que se adaptou aos tempos de pandemia para 2021. Ao invés de sugerir os melhores lugares para viajar, inovou elegendo destinos, pessoas e experiências em busca de um mundo melhor com boas contribuições em sustentabilidade, diversidade e comunidade.

Então deixo a lista de 2020 como referência:

  1. Petra, Jordânia
  2. Galápagos, Equador
  3. Parque Nacional Uluru-Kata Tjuta, Austrália
  4. Delta do Okavango, Botswana
  5. Parque Nacional Yellowstone, Estados Unidos
  6. Lago Bled, Slovenia
  7. Cataratas do Iguaçu, ArgentinaBrasil
  8. Templos de Angkor, Camboja
  9. Salar de Uyuni, Bolivia
  10. Circuito Annapurna, Nepal
Cataratas do Iguaçu
Cataratas do Iguaçu está na lista famosa, mas dá para visitar o ano todo e evitar lotações

National Geographic

Deixo os lugares e subtítulos traduzidos do texto 25 destinos em ascensão.

  1. Parque Nacional Katmai, Alasca – EUA
    Na sombra do vulcão
  2. Dominica
    Turismo de aventura no Caribe ajuda a alimentar a resiliência climática desta ilha
  3. Parque Nacional Los Glaciares, Argentina
    Onde trilhar um reino de gelo
  4. Região Svaneti, Georgia
    A terra remota dá boas-vindas calorosas 
  5. Tulsa, Oklahoma – EUA
    Um centro de discussões sobre raça nos Estados Unidos
  6. Pueblo Nations, Novo Mexico – EUA
    Vozes nativas emergem no sudoeste americano
  7. Guam
    Revisitando o legado de Magalhães no Pacífico
  8. Gyeongju, República da Coreia
    O antigo reino coreano ainda brilha
  9. Vitoria-Gasteiz, Espanha
    Jazz e lendas na capital cultural do Páis Basco
  10. Tonglu, China
    Paisagem chinesa famosa em pinturas faz seu primeiro festival de arte
  11. Ilha Royale, Michigan – EUA
    Lobos e alces vagam no menos conhecido dos parques nacionais americanos
  12. Cerrado, Brasil (Jalapão, Chapada dos Veadeiros, Chapada das Mesas…)
    Essa natureza selvagem brasileira pode ser a coisa mais próxima que temos do Parque dos Dinossauros (tradução literal, penso diferente)
  13. Ilha Lord Howe, Austrália
    O último paraíso no mar da Tasmânia
  14. Yellowknife, Canadá
    Luzes do norte brilham 240 noites por ano
  15. Columbia Britânica Indígena, Canadá
    Onde a natureza e as primeiras nações se conectam
  16. Costa Espacial, Flórida – EUA
    Uma plataforma de lançamento para as maravilhas do céu e das águas
  17. Caminho da costa da Inglaterra, Reino Unido
    Uma caminhada épica a ser lembrada
  18. Hortobágy, Hungria
    Cowboys e garças nas planícies abertas da Europa
  19. Transilvânia, Romênia
    Encontrar realidade em uma terra famosa pela fantasia
  20. Denver, Colorado – EUA
    A gigante verde no oeste americano 
  21. Alonissos, Grécia
    Refúgio mediterrâneo para focas e um mergulho profundo em barco naufragado
  22. Gabon
    Mais de 11% desse país africano é parque nacional
  23. Nova Caledonia
    Onde a vida marinha brinca no sul do Pacífico
  24. Copenhagen, Dinamarca
    A capital cosmopolita cria soluções sustentáveis
  25. Friburgo, Alemanha
    Cidade universitária alemã ensina o mundo sobre as melhores práticas verdes
Trilha do Mirante da Chapada das Mesas
O bioma Cerrado é vasto e ainda há muitos lugares desconhecidos para explorar como na Chapada das Mesas

The New York Times

A mais recente das listas famosas também se adaptou aos tempos de pandemia e mudou o nome de “52 lugares para ir” para “52 lugares para amar”. Antes os critérios eram as novidades mais incríveis, tendências e nomeações especiais como capital da cultura ou algo similar, conferidas de perto por uma equipe de viajantes especializados. Com as restrições de viagens e projetos estagnados, a escolha foi feita com base nas sugestões e histórias de mais de 2 mil leitores sobre viagens realmente transformadoras. O resultado ficou emotivo e mais perto da realidade da maioria dos viajantes. 

Deixo os 15 primeiros:

  1. Gales do Sul, País de Gales
  2. Saipan, Ilhas Marianas do Norte, Japão
  3. Kaliya Dhrow, Índia
  4. Isfahan, Irã
  5. Os Llanos, Colômbia
  6. Oásis Siwa Oasis, Egito
  7. Triângulo de ouro, Montana – EUA
  8. Caminho de Santiago, Espanha
  9. Malpaís, Costa Rica
  10. Dakar, Senegal
  11. St. James a última igreja em Londres, Inglaterra
  12. Medina de Marrakesh, Marrocos
  13. Montanha Nanda Devi, Índia
  14. Trilha Laugavegur, Islândia
  15. Wadi Rum, Jordânia
Um dos cenários mais bonitos da viagem fica em Wadi Rum
Um dos cenários mais bonitos da viagem a Jordânia fica em Wadi Rum
receba dicas por e-mail

E aí, para onde não viajar, ou viajar em 2021?

Agora peço a sua reflexão, quantos destinos eram lugares desconhecidos e bastou sair em alguma lista para perder o charme e ser degradado? Para não ir longe, a Praia do Rosa é um exemplo, já saiu nas listas famosas e as notícias do último réveillon foram excesso de lixo, aglomeração e decepção de muitos. Embora continue adorando ir para lá, evito os feriados.

Concorda comigo? Faça considerações nos comentários. 

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Você está em INICIAL » + » DICAS AOS VIAJANTES » Para onde não viajar em 2021
Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 15 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

2 Comentários

  1. Creio que o título da chamada foi muito forte para a praia do Rosa.

    Se fosse para não listar ao menos 5 para não ir que não citasse nenhuma.

  2. Creio que a referência ao parque dos dinossauros no texto sobre o cerrado é por decorrência deste ser o bioma mais antigo do mundo, que pouco mudou desde aquela época

Deixe seu recado, escreva algo