Ao ver as fotos de um amigo na internet, logo pensei: “Opa! Que lugar é este?!!! Parece a ilha do filme Lagoa Azul… cadê a Brooke Shields?!” Mas não era um cenário de Hollywood, tão pouco uma imagem “photoshopada”, como acreditei num segundo momento. O paraíso de águas absolutamente azuis e areias branquíssimas que aparecia nas tais fotos se chama Los Roques, e fica na Venezuela.

Read in English

O texto continua após os serviços recomendados no destino.

Leia todos os textos sobre Monte Roraima

AGILIZE SUA VIAGEM
Não esqueça do seguro viagem! Saiba como comprar online

Mar de Los Roques visto da ilha principal
Mar de Los Roques visto da ilha principal

Por Ângela Knopp ℹ︎

As opiniões expressas pelos viajantes colaboradores são próprias e nem sempre refletem o pensamento do Territórios. Deixe um comentário.

Acesso rápido: Impressões | Como chegar | Onde dormir |O que levar | Fotos | Por onde começar

O arquipélago, formado por ilhas e cayos abrigados por barreiras externas de corais, é um Parque Nacional, o maior parque marítimo da América Latina, e, por isso, está muito bem preservado, mantendo ainda um ar bastante rústico e natural, bem diferente do restante do Caribe.

dicas do caribe por e-mail
Barreiras de corais transformam o mar em grandes piscinas
Barreiras de corais transformam o mar em grandes piscinas

A água, de temperatura agradável, forma um deslumbrante degrade que varia conforme a profundidade. Ela guarda uma enorme variedade de corais, peixes e plantas aquáticas capazes de seduzir até os turistas mais medrosos e atrapalhados como eu! Aliás, a boa visibilidade é um dos pontos fortes do lugar que atrai muitas pessoas, profissionais ou não, interessadas em praticar mergulho, tanto em mar aberto, quanto em pequenas baías, ou então em lindíssimas piscinas naturais povoadíssimas de peixes.

Piscina no interior da Ilha de Carenero, uma das mais distantes de Gran Roque, em Los Roques
Piscina no interior da Ilha de Carenero, uma das mais distantes de Gran Roque

As aves

Mas a beleza não se restringe ao interior das águas: muitos pássaros convivem em perfeita harmonia com a população do lugar. Pelicanos, gaivotas, atobás e outras aves marinhas são como “pardais e pombas” de Los Roques, quase domesticados! O colorido da ilha principal, a Vila de Gran Roque, com vários veleiros ancorados em sua orla e a grande formação rochosa com um antigo farol no alto também compõem quase que uma pintura para quem chega.

A diversidade de aves marítimas chama a atenção, em Los Roques
A diversidade de aves marítimas chama a atenção

Pontos altos e vontade de voltar

O mergulho na belíssima piscina natural no meio da ilha de Franscisqui foi um dos pontos altos da viagem. 

Ilha de Francisqui - Los Roques - Venezuela
Ilha de Francisqui

Sem dúvida alguma, Los Roques é um dos destinos de praia mais belos do mundo: imperdível e totalmente “retornável”! Eu mesma já estou sonhando com nossa volta, espero que em breve! Porém, nenhum texto, por mais detalhado que seja, é capaz de descrever com fidelidade a beleza do lugar. Olhem algumas fotos. Digitando Los Roques no oráculo (Google!) aparecem centenas de imagens que deixam a gente babando! Ah, aquele meu amigo das fotos… já voltou três vezes. Preciso dizer mais?! Boa viagem!

Da ilha Francisqui tem-se uma linda vista de Gran Roque, em Los Roques
Da ilha Francisqui tem-se uma linda vista de Gran Roque

Tome Nota Los Roques

Como chegar: Uma boa maneira é voando para Caracas com pontos de milhagem, tanto da Gol quanto da Tam. Ao desembarcar na capital venezuelana é preciso pegar outro avião, no próprio aeroporto, com destino a Los Roques. Existem poucas e pequenas empresas aéreas que fazem o trajeto diariamente, por isso vale a pena comprar a passagem com antecedência. E fique ligado: é possível entrar na ilha com apenas com 10kg de bagagem! Para as mulheres pode parecer impossível, mas acreditem, não é preciso muito para se aproveitar ao máximo desse passeio.

Onde ficar: Indicamos dois tipos diferentes de hospedagem. Em ambas fomos muitíssimo bem tratados e alimentados (principalmente alimentados!!!). O primeiro é o veleiro Turpial, com 49 pés, dois quartos reservados, muito confortável, ótima opção pra quem deseja tomar café da manhã olhando tartarugas e gaivotas e não quer perder nem 5 minutos pra cair na água aproveitando o melhor de cada ilha de Los Roques ([email protected]). O segundo é a Pousada La Casa del Sol da Sol e do José: uma opção mais em conta, mas que não deixa nada a desejar. Os donos são super hospitaleiros, nos acolheram com muito carinho e também se destacam na culinária ([email protected])!

O que levar: Além do bloqueador solar com um bom fator de proteção, é imprescindível um repelente para mosquitos. Nas ilhas existem minúsculos insetos capazes de fazer um grande estrago nas pernas. Além disso, vale a pena levar uma camiseta para se proteger mais na hora do mergulho, seu próprio equipamento (pé de pato, óculos e snorkel) e uma câmera à prova d’água.

^ Voltar início ^

Veja mais fotos de Los Roques:

Fabrício e Ângela em Los Roques
Ângela e Fabrício em Los Roques
Peixes durante o snorkel no Caribe
Praia no Caribe
Caramujo
Comunidade em Los Roques
Parque Nacional Arquipélago de Los Roques
A bordo do veleiro Turpial, ainda ancorados em Gran Roque
A bordo do veleiro Turpial, ainda ancorados em Gran Roque

Fotos de Fabrício Benites.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Por onde começar a planejar a viagem

  1. Se já sabe, se inscreva dizendo para onde será a próxima viagem e receba dicas exclusivas por e-mail.
  2. Quando a data estiver definida, pesquise as passagens áreas ou aluguel de carro. Mas antes de finalizar a compra, faça o seguro viagem quase simultaneamente para ter eventuais cancelamentos cobertos, além de assistência médica e perda de bagagem.
    2.1 Avalie levar chip de celular e vá comprando a moeda aos poucos.
  3. Então monte o roteiro e vá fazendo as reservas de hospedagem e passeios conforme o tempo disponível.

A seguir deixo mais links sobre essa mesma região ou experiência.

^ Voltar início ^

Você está em INICIAL » VENEZUELA » LOS ROQUES » Los Roques: o paraíso fica no Caribe!
Author Leitores

Relatos e fotos dos leitores que amam viajar e enviam suas histórias incríveis pelo mundo.

8 Comentários

  1. Iraildes Mascarenhas Responder

    Esse passeio faz mais meu estilo, águas são minha paixão.
    O lugar é curioso e interessante e lindo! Vale a pena ir até lá. Obrigada pela dica.

  2. O lugar parece realmente lindo!
    Apenas a título de informação, o filme A Lagoa Azul foi filmado na República Dominicana, na Isla Saona, e não precisou de photoshop…

  3. Gente, obrigada pelos comentários! Los Roques é mesmo um lugar deslumbrante. Tenho certeza de que vocês também gostarão tanto quanto nós quando visitarem. Respondendo à Glenda: dependendo da época do ano não tem muitos turistas. Algumas praias são praticamente particulares! Abração a todos.

  4. Daniella Franco Responder

    Adorei o texto e as fotos, Ângela! Los Roques entrou na minha listinha de viagens depois do teu post. Que lugar mais lindo!

  5. Agustin Tomas Caceres Responder

    Eu conheço Curaçao que é próximo. Minha irmã esteve em Los Roques também. As fotos são lindas. Ouvi dizer que tem uns passeios a cavalo também. É uma pena apenas, que assim como Cayo Blanco, em Cuba, que eu também conheço e são lindas, estas ilhas estejam baixo controle do regime ditatorial bolivariano da Venezuela, que eu nao gosto. Então quem está visitando estas ilhas, do ponto de vista politico e fiscal, está contribuindo com as ditaduras da Revolucao Bolivariana que agora já se solidificaram no Brasil e na Argentina também.

Deixe seu recado, escreva algo

Rotas para voar no RS agosto Sonhos