Entre os achados na Itália, encontrar uma cidade-galeria de arte na subida para os Apeninos foi o mais inesperado. Em Tolè, um piccolo paese distante 52 quilômetros de Bologna, obras de arte são expostas nos jardins e fachadas das casas.

Atenção! A Itália não está permitindo a entrada de turistas.

Leia todos os textos sobre a Itália

Nota do editor: Este não é o melhor momento de viajar para fora do Brasil, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco!

Itália é incrível para viajar de carro. Saiba o que precisa para alugar um no exterior

Agende tours, transfers e ingressos agora ou saiba como funciona

Arte pelas ruas de Tolè

Caminhar pelos becos e ruas praticamente desertas de Toulè é observar a rotina do lugar de um jeito diferente e até mais informativo. Os moradores expressam todo o seu cotidiano, tradição e história usando as próprias casas como suporte. Mesmo vendo tudo estático, sem trocar palavras com ninguém, a sensação bucólica de visitar uma cidade do interior é igual, apenas mais interpretativa.

Pinturas realistas nos becos de Tolè
Pinturas realistas nos becos

Seguro viagem é obrigatório na Europa. Orçe aqui

E não só locais dão essa vida a cidade, artistas de vários lugares visitam e também deixam belezas em exposição transformando Tolè em galeria de arte a céu aberto. Já faz alguns anos que a Associação Fonte Chiara incentiva e organiza o Artolè, uma festa anual que na verdade é um ritual de socialização entre artistas e turistas, conforme a única informação que achei sobre o evento na internet. Nesta festa obras são atualizadas e inauguradas. Visitei em outubro e todas estavam em perfeito estado.

Obras tem legenda com nome e autor
Obras tem legenda com nome e autor
Afrescos e esculturas mostram paisagens, trabalho no campo, gatos e o cotidiano dos moradores de Tolè
Afrescos e esculturas mostram paisagens, trabalho no campo, gatos e o cotidiano dos moradores

Se passar pelos Apeninos não deixe de parar em Tolè e desbravar este segredo. Ou navegue pelo Google Street View para ter uma ideia de como é caminhar por estas ruas. Digo ideia porque os becos mais interessantes só mostra a entrada.

receba dicas da Europa por e-mail
Afrescos e esculturas mostram paisagens, trabalho no campo, gatos e o cotidiano dos moradores de Tolè
Afrescos e esculturas mostram paisagens, trabalho no campo, gatos e o cotidiano dos moradores

O brasão: é mais fácil ver uma cobra fumando do que o Brasil entrar na Guerra

+ Conheça o museu em Montese, cidade vizinha, que homenageia os heróis brasileiros da segunda guerra mundial

Tome Nota

Como chegar a Tolè: A partir de Bologna, tem ônibus direto ou trem até Vignola, onde tem outra linha de ônibus. Leva cerca de duas horas de viagem. Fui de trem porque um guia me esperava na estação. O jeito mais prático é alugar um carro e seguir em direção aos Apeninos ou contratar transporte com guia.

Onde ficar: Me hospedei num Borgo bem legal em Montese, mas fecharam para este ano. Em Tolè tem três opções no Booking.

O guia: Provavelmente não teria conhecido Tolè sem o guia. O combinado era fazer trilhas nos Apeninos, mas a chuva atrapalhou e Stefano, um italiano que fala português, deu um jeito de aproveitarmos da melhor forma possível. O serviço dele foi uma cortesia da Trekking Italy para o projeto BlogVille.

Artolè acontece em agosto e o tema para este ano é Il circo del sole, marcada para sexta dia 22.

Veja mais fotos das ruas de Tolè:

Essa viagem foi patrocinada e fez parte da ação BlogVille Emilia Romagna.

Fotos de Roberta Martins e Leandro Gabrieli.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Por onde começar a planejar a viagem

  1. Se já sabe, se inscreva dizendo para onde será a próxima viagem e receba dicas exclusivas por e-mail.
  2. Quando a data estiver definida, pesquise as passagens áreas ou aluguel de carro. Mas antes de finalizar a compra, faça o seguro viagem quase simultaneamente para ter eventuais cancelamentos cobertos, além de assistência médica e perda de bagagem.
    2.1 Avalie levar chip de celular e vá comprando a moeda aos poucos.
  3. Então monte o roteiro e vá fazendo as reservas de hospedagem e passeios conforme o tempo disponível.

A seguir deixo mais links sobre essa mesma região ou experiência.

^ Voltar início ^

Você está em INICIAL » ITÁLIA » TOLÈ » Tolè, uma descoberta na Itália
Author Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 15 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

Deixe seu recado, escreva algo