piriapolis

Piriápolis, uma praia de cinema


O whisky me levou a Piriápolis, no Uruguai. No caso, não a bebida, mas o filme de mesmo nome dirigido por Juan Pablo Rebella e Pablo Stoll e lançado em 2004. Uma parte da história – que conta a vida solitária de Jacobo e sua complicada relação com o irmão Herman e com a funcionária Marta, a quem faz uma proposta inusitada durante a visita do parente que mora no Brasil – acontece nesse balneário uruguaio, entre Punta Del Este e Montevidéu. Uma mescla de isolamento, beleza e a possibilidade de conhecer algumas locações dessa produção fizeram de Piriápolis a escolha perfeita para fugir da agitação do Carnaval.

Atenção! Uruguai não está permitindo a entrada de turistas no país.

Leia todos os artigos sobre o país

Nota do editor: aqui no Territórios, nossa prioridade é fornecer aos leitores as informações necessárias para tomar decisões sobre viagens, além de inspiração e conhecimento. Este não é o melhor momento de viajar para fora do Brasil, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco!

Pegue as dicas para viajar de carro

Piriápolis, uma praia de cinema

Piriápolis
Piriápolis
Teleférico
Teleférico

Piriápolis

A primeira impressão da praia não decepcionou. Poucos prédios, muitas casas sem muros, algumas ruas de chão batido e um longo calçadão à beira-mar compuseram o primeiro cenário da cidade. Era cedo da manhã e o local parecia ainda adormecido. Piriápolis acorda tarde, como manda a tradição dos argentinos, que marcam forte presença na região durante o veraneio. Além das lindas praias, porém de águas geladas e com muitas pedras, há várias opções para visitar, entre cerros, castelos e até mesmo um passeio de TELEFÉRICO, que possibilita uma ampla vista do balneário.

Hotel Argentino
Hotel Argentino
 
Cassino
Cassino
 
Fonte de Vênus
Fonte de Vênus
 

Uma das construções que se destaca na avenida principal, a RAMBLA DE LOS ARGENTINOS, é o HOTEL ARGENTINO. Inaugurado em 1930 e um dos cenários do filme Whisky, assim como o CASSINO que fica ao seu lado. Há visitas guiadas ao hotel e ali perto fica também o MUSEU FERROVIÁRIO. Uma caminhada pela avenida é uma boa forma de conhecer a cidade. É nela também que ficam a maioria dos bares, restaurantes e lojas de artesanato.

Fonte no Cerro Del Toro
Fonte no Cerro Del Toro

O CERRO DEL TORO e sua fonte, que ficam a 250 metros do nível do mar, são um dos atrativos de Piriápolis. No local, há uma estátua de ferro de um touro em tamanho natural. A água que sai de sua boca era considerada por Francisco Piria, o fundador de Piriápolis, terapêutica. O PAN DE AZÚCAR é outro cerro famoso do balneário, com suas paredes de pedra e 380 metros de altura. Em uma de suas praças fica a fonte de Vênus, réplica de estátua vista por Piria na Itália.

Na rodoviária, é possível pegar um ônibus que leva até o Castelo que foi residência do fundador da praia, inaugurado em 1897. No interior do CASTELO DE PIRIA, móveis, objetos e roupas de época podem ser apreciados nos diversos cômodos que formam a edificação. Um passeio diferente é alugar um quadricículo por 30 minutos ou uma hora e visitar as praias vizinhas, como a SOLÍS.

Castelo de Piria
Castelo de Piria
Pôr do sol
Pôr do sol

Com o fim da tarde, chega também o movimento na rambla e no comércio. A calmaria do dia é trocada pela agitação nos bares e das pessoas que ficam sentadas no calçadão, com suas pilsens e norteñas de litro, esperando pelo pôr-do-sol que é recebido com uma salva de palmas. A gastronomia uruguaia e do local é farta em chivitos, pizzas de mussarela, medias lunas e frutos do mar. A noite acontece nos bares espalhados pela cidade e nas rodas que se formam na beira-mar.

Vista da praia
Vista da praia

Assim como todo o país, o CARNAVAL EM PIRIÁPOLIS tem um quê de nostálgico. Na rambla  desfilaram casais dançando tango, crianças com fantasias coloridas e alguns blocos, animados por músicas que em algum momento lembravam sambas brasileiros e outros, músicas de Gardel. Uma inocência que não se vê mais por aqui. Vale para aqueles que não curtem essa festa popular e buscam algo diferente.

Acesso à praia
Acesso à praia

Tome Nota Piriápolis

Opções de acomodações também não faltam, com alternativas para todos os orçamentos. Há ainda um HOSTEL DA JUVENTUDE, que fica perto da rambla de Los Argentinos e do HOTEL ARGENTINO, porém as instalações não são das melhores. Mais do que um albergue, o local parece uma colônia de férias, com muitas famílias e crianças. Veja mais opções de hospedagem no Booking.

Como chegar: De Porto Alegre, pode-se pegar um ônibus até Punta Del Este e de lá outro até Piriápolis. São cerca de 9 horas para percorrer o trajeto. Entre os dois balneários, a viagem leva cerca de uma hora e vai parando por várias praias ao longo do caminho. De avião, a pedida é ir até Montevidéu e de lá pegar um ônibus na estação Tres Cruzes até Piriápolis.

Aproveite que o Uruguai é um excelente destino para viagens de carro e alugue o seu. Saiba como.

Se prefere ter todo o conteúdo para consultar durante a viagem e ainda ter sugestão de roteiros com mapa interativo detalhado, adquira o guia Uruguai de Carro.

Uruguai de Carro
Viaje para o Uruguai de Carro e pegue todas as dicas aqui no Territórios

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

INICIAL » URUGUAI » PIRIÁPOLIS » Piriápolis, uma praia de cinema
Tatiana Gappmayer

Tatiana Gappmayer

Tatiana Gappmayer Jornalista, cinéfila, apaixonada por mapas e livros de arquitetura e mochileira.

3 comentários

  1. Quero visitar esse lugar .., me parece lindo

  2. Muito boa sua página. Gravei seus comentários que certamente vão me ajudar na viagem que farei neste final de ano. O Uruguay é o máximo!

  3. muy buena pagina agustin….ahi estoy viendo un articulo sobre piriapolis…….
    tenes que venir asi escribis de puntaaaaaa

Deixe uma resposta