Foi uma alegria mergulhar e descobrir a simpatia dos lobos-marinhos em seu habitat. Talvez a experiência mais emocionante em Cape Town. Sem serem treinados ou esperarem comida em troca, os lobos-marinhos foram se aproximando e interagindo durante o mergulho ao redor da Duiker Island, uma ilha colônia de animais marinhos na belíssima Hout Bay. No dia do passeio estava nublado, contudo, tenho fotos para mostrar como é uma das baías mais bonitas da península de Cape Town. Ali os oceanos Índico e Atlântico se misturam, mas é oficialmente considerado o gelado oceano Atlântico.

Atenção! África do Sul exige teste PCR negativo feito até 72h antes do último voo. Um questionário deve ser preenchida 48h antes da chegada.

O texto continua após os serviços recomendados no destino.

Leia todos os artigos sobre a África do Sul

Precisa de seguro viagem? Pegue o cupom de desconto

Deseja ficar conectado? Leve o chip internacional com Internet desde o Brasil

Encara dirigir na mão esquerda? Pegue as dicas para alugar um carro no exterior

Quer agendar passeios e transfer agora?Use a Get Your Guide ou saiba como funciona

Hout Bay

Acesso rápido: Impressões | Como foi o mergulho | Tours | Quando ir | Como chegar | Por onde começar

Vista de uma das pontas de Hout Bay em dia de sol sem nuvens. O porto fica bem ali na frente e o mergulho foi ao lado esquerdo
Vista de uma das pontas de Hout Bay em dia de sol sem nuvens. O porto fica bem ali na frente e o mergulho foi ao lado esquerdo

Neste ponto da África as águas são congelantes e pioram no verão, em outubro (primavera) peguei a “agradável” temperatura de onze graus dentro d’água, dizem que chega a quinze com sol. Foi preciso toda uma preparação antes e depois de entrar para evitar hipotermia, mas valeu a pena o esforço. E se eu tivesse aguentado o frio por mais alguns minutos, provavelmente teria nadado abraçada com eles. Nessas horas a emoção fala mais alto e, às  vezes, esqueço serem animais selvagens.

Lobos-marinhos no seu habitat
Lobos-marinhos no seu habitat

Bem, vou contar como foi o passeio Seal Snorkeling do início ao fim e mostrar em vídeo o que vi embaixo d’água.

O mergulho com lobos-marinhos

Steve e mais dois funcionários, da Animal Ocean, nos aguardavam no porto e logo começou a função da roupa de mergulho. Fiquei só de biquíni e vesti uma camisa de Lycra manga longa, um long john grosso, luva, bota e gorro, todos de neoprene para tentar manter a temperatura do corpo.

A lancha partiu para ilha e fez uma rápida parada entre os barcos de pescadores para um primeiro contato com os lobos-marinhos, eles sabem que ali tem comida em determinadas horas do dia e nem se importam com a nossa presença. Seguimos por mais alguns minutos pelas margens da baía até alcançar a colônia.

Lobo-marinho descansando no porto
Lobo descansando no porto

Na chegada os lobos já começaram a se exibir, gritos e saltos acrobáticos bem perto do barco, que por sinal era a única embarcação por ali. Steve deu as instruções, avisou que ele e outro iriam mergulhar conosco e quando não aguentássemos mais o frio, deveríamos voltar para o barco. Segundo ele, com aquela temperatura as pessoas costumam ficar até trinta minutos na água.

Congelando no mar de Cape Town
Congelando no mar de Cape Town

Me joguei e deu vontade de voltar na hora, aquele gelo foi um choque! Mas os bichos curiosos já estavam por ali e me motivaram a não ficar parada. Circulavam ao meu redor passando muito rápido e sempre de olho em mim, como provam as imagens. Eram muitos e não paravam quietos, pareciam confusos e não sabiam perto de quem chegar primeiro. Éramos cinco pessoas na água.

Praticamente o momento exato...
Praticamente o momento exato…
.. em que tirei esta foto do lobo-marinho
.. em que tirei esta foto

Foi difícil segurar a câmera com os dedos congelados. Eu trocava de mão, fazia exercícios com os dedos e esquecia o sofrimento totalmente quando eles se aproximavam. A medida que sentiam confiança começavam a chegar cada vez mais perto. No final, uma dupla começou a brincar na minha frente e esqueceu da minha presença, levei até uma rabada! Ou seria uma nadada? Para exemplificar, me bateram com as nadadeiras inferiores sem querer.

Perdi a noção do tempo enquanto mergulhava, pareceram horas, no entanto, aguentei apenas 25 minutos! Com a cara pálida, boca roxa e tremendo voltei para o barco e tive um rápido e perfeito atendimento. Jogaram água quente dentro da minha roupa de mergulho e me serviram chocolate quente e bolachas. Foi um alívio! Veja no vídeo logo a seguir.

Foto da Animal Ocean com equipamento perfeito para mergulhar
Foto da Animal Ocean com equipamento perfeito para mergulhar

A estrutura de filmagem da equipe era ótima e mostra os lobos com mais detalhes do que nas minhas fotos. Inclusive, Steve ajudou a deixar o vídeo mais legal. Ele colocou minha câmera em um tipo de foguete e jogou na água sendo puxado pela lancha, os bichos seguiram quase na mesma velocidade e do barco não percebíamos nada.

Trocamos de roupa ali mesmo no estacionamento usando o modelito toalha especial criado pela Animal Ocean.

Eu, Guilherme, Cris e Steve trocando de roupa no estacionamento do porto
Eu, Guilherme, Cris e Steve trocando de roupa no estacionamento do porto

Diferenças entre lobo-marinho, leão-marinho e foca

A princípio acreditei serem focas porque os instrutores chamavam de seals (palavra inglesa genérica para os três significados), mas um leitor atento alertou o equivoco quando publiquei as primeiras fotos nas redes sociais. Busquei a informação e aprendi, basicamente, focas não tem orelhas visíveis, lobos-marinhos não tem barba e o nariz dos leões marinhos é mais achatado enquanto nos outros dois é mais fino e pontudo. Os três são parentes próximos, assim como a morsa, mas esta é inconfundível devido aos dois dentes enormes.

Tours para ver lobos-marinhos

Animal Ocean é a empresa que faz os passeios entre setembro e abril, imagino que nem os instrutores se animam a mergulhar no inverno. Eles combinam um ponto de encontro no porto de Hout Bay e levam todo o equipamento de mergulho e sacos estanques para guardar o que não pode molhar. Pode só passear na lancha e ver os lobos e tem a opção de mergulhar com cilindro.

Apesar de Cape Town ser famosa pelo mergulho com tubarão-branco e lobo-marinho estar no topo da cadeia alimentar dos temidos predadores, os instrutores garantiram que Hout Bay está livre deles. Tubarões não foram vistos nos últimos trinta anos e a desculpa é que existem outras colônias maiores e mais atraentes na região. Druiker Island abriga somente 10 mil animais. Não confiei totalmente, mas resolvi arriscar.

^ Voltar início ^

Tome Nota

Quando ir: vale o ano todo, mas pode mergulhar com bebês lobos-marinhos entre março e abril ou aviste baleias em novembro. Hout Bay é um dos pontos de observação de baleias na África do Sul.

No andar de cima do Blue Mini Peninsula Tour
No andar de cima do Blue Mini Peninsula Tour

Como chegar: Hout Bay fica uns 20 km do centro de Cape Town, do outro lado da Table Mountain. Dá para chegar de transporte público (ônibus 108), mas nos aconselharam usar o ônibus turístico azul – Blue Mini Peninsula Tour, que passa a cada 20 minutos e pode descer e subir quantas vezes quiser durante um dia. Ele passa em vários pontos turísticos da cidade e tem áudio guia. O ponto de parada é Mariner’s Wharf, um porto com mercados de peixes e artesanato.

Clique para adquirir o pacote com duas rotas do ônibus turístico

Veja mais fotos do passeio:

Guilherme, eu e Cris congelados e lobos-marinhos atrás. Por Andre Motta
Guilherme, eu e Cris congelados. Por Andre Motta

Se gostou da experiência com esses animais, sugiro a leitura do mergulho com tartarugas em Barbados e a trilha com pinguins na Patagônia.

Fotos de Roberta Martins, Andre Motta e Animal Ocean.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Você está em INICIAL » ÁFRICA DO SUL » CAPE TOWN » Meu mergulho com lobos-marinhos

Para saber tudo o que eu fiz durante esta viagem, veja o vídeo e os links para os artigos no post O que fazer na África do Sul – 33 dias em 5 minutos.

O projeto Blogueiros na África do Sul (#DescubraAfricadoSul) foi uma realização do Travel Concept Solution e apoio da Pangea TrailsSouth African AirwaysDetecta Hotel e incentivo da agência nacional de turismo (South African Tourism), da cidade de Joanesburgo (Joburg Tourism) e também de Cape Town (Cape Town Tourism). A viagem foi patrocinada, mas as opiniões aqui expressas são de livre expressão do autor. Veja também os blogs que participaram da viagem: Dentro de MochilãoTerritóriosViajando com Eles e Viagem Criativa.

Author Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 15 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

5 Comentários

    • Oi Bianca, não coloco valores porque eles ficam desatualizados. Este passeio foi feito em 2014. Por favor entre em contato pelo site da empresa, tem link no tome nota.

  1. Pingback: As focas de Hout Bay - Viagem Criativa

Deixe seu recado, escreva algo

Chile aberto para brasileiros Rotas para voar no RS agosto