TRILHA

Experiência sensacional na Suíça: trilha + dança + cachoeira


Conto e mostro como foi o Hike & Sound Adventure Maggia Valley, um tour para dançar muito enquanto faz trilhas e visita cachoeiras no interior da Suíça. Além da experiência com DJ ao vivo, nesse artigo também explico como fazer um bate e volta por contra própria para visitar as cachoeiras e vilarejos ao redor de Locarno, no Cantão Ticino. Sem dúvida, uma experiência sensacional na Suíça.

O texto continua após os serviços recomendados no destino.

Todos os artigos sobre a Suíça

Quanto custa um seguro viagem para Suíça? Faça orçamento aqui

Perca menos na conversão para francos usando Wise

Saiba onde nos hospedamos

Acesso rápido: O tour | As cachoeiras | Como contratar | O que levar |

Antes quero dizer como foi bom fazer esse passeio. Já em casa, selecionando as fotos, fiquei sorrindo o tempo todo e até me emocionei só de lembrar como tudo aconteceu. Que surjam mais projetos assim (de bem-estar e transformadores) pelo mundo. Obrigada por esse momento, Innerwalk Project!

receba dicas da Europa por e-mail

O tour Hike & Sound Adventure Maggia Valley

Pense em um passeio bucólico, contemporâneo e animadíssimo ao mesmo tempo. Começa com olhares curiosos e termina com novos vínculos de amizade e uma sensação de bem-estar incrível. Participar de um Innerwalk Project é oportunidade de visitar um lugar de natureza exuberante de uma forma nada óbvia. 

O aquecimento para uma experiência diferente na Suíça

Cheguei ao ponto de encontro combinado, onde a Daniella Pollini apresentou a guia Michela di Savino e o DJ Alex Dawson, fez uma breve explicação de onde iríamos e nos forneceu o headset (fone de ouvido). Para esse dia foi necessário pegar trem e ônibus que explico nas dicas ao final.  

Ao chegarmos no primeiro atrativo, Cascata de Giumaglio, começa um aquecimento que é mais uma aula de expressão corporal para se soltar, se reconectar com o próprio corpo e conhecer o colega ao lado. Não tem apresentações ou muito papo, a gente segue as instruções do DJ e vai fazendo movimentos conscientes em meio aos estranhos.

Naquele dia, conhecia só uma pessoa do roteiro em Interlaken e foi coincidência termos escolhido o mesmo tour entre 40 disponíveis para esse dia em Ticino.

Mulher com jaqueta vermelha e fone de ouvido relaxa em uma pedra a volta de um lago, ao fundo outras pessoas com fone de ouvido. Experiência sensacional na Suíça
Cada um encontra o seu lugar para dançar e relaxar durante o tour do Innerwalk Project (©Innerwalk Project)

Conforme os organizadores do Innerwalk Project, 98% dos participantes viaja sozinhos. Isso é uma excelente oportunidade de se conectar com outros viajantes. Ao final do dia, nosso grupo parecia se conhecer há anos. Nos despedimos como melhores amigos e ainda mantenho contato com alguns pelas redes sociais, talvez um dia a gente se encontre para dançar novamente em algum lugar do mundo.

Dançar como se não houvesse amanhã é a experiência sensacional na Suíça

Após o aquecimento, o DJ pede para colocarmos o headset e que cada um escolha um lugar para se posicionar onde se sinta confortável para dançar. Alguns se escondem atrás das árvores, outros ficam no meio em frente a cachoeira (eu) e poucos sobem nas pedras para se destacarem no cenário. Ele pede para fecharmos os olhos e dançarmos conforme o ritmo, como se estivéssemos sozinhos. O som começa muito tranquilo e preferi abrir os olhos e curtir o movimento lento observando a água caindo do alto. Então vai acelerando aos poucos, músicas desconhecidas, outras famosas, diferentes estilos e foi como se nada mais existisse a não ser aquele momento feliz comigo mesma. Lágrimas escorreram do meu rosto de emoção por meu corpo estar na energia daquele lugar completamente livre, leve e solto.

Homem e mulher dançam com fones de ouvido em frente a um lago e rochas. Experiência sensacional na Suíça
Dançando em frente a cachoeira escondida atrás de um vilarejo na Suíça

Não sei quanto tempo se passou, só percebi as pessoas ao meu redor quando a música ficou tão agitada e foi impossível ficar parada no mesmo lugar. Pronto, virou rave! Os tímidos saíram de trás das árvores e todos dançamos juntos como se não houvesse amanhã, vergonhas ou cansaço. A animação era tanta que o DJ largou o equipamento e se juntou a nós até a playlist terminar.

Ainda era de manhã e ninguém queria partir, mas tínhamos outra cachoeira para visitar e a trilha para chegar até lá.

A trilha e a Cascata del Salto

Passamos pela estrada, cenários verdes e vilarejos até alcançarmos a Cascata del Salto, agora todos sem fone conversando entre si. A cachoeira é majestosa e estava iluminada pelo sol exibindo um tom verde lindo, porém congelante a ponto de me permitir somente molhar os pés. Os mais valentes, mergulharam e saíram vermelhos do choque térmico. No sol estava bem quente e a esta altura já tinha tirado todas as camadas de roupa de frio que comecei o dia. Alex liberou mais uma playlist para dançarmos naquele cenário e ninguém mais se importava com a presença das pessoas de fora do nosso tour. Eles também aproveitavam o dia na cachoeira sem entender a nossa dança silenciosa. Deve ser muito esquisito para quem olha de fora.

A meditação

Duas pessoas deitadas na pedra e uma sentada
Momento da meditação (©Innerwalk Project)

Antes de partir, o DJ pede para nos acomodarmos confortavelmente nas pedras, fechar os olhos e inicia uma meditação guiada para refletirmos sobre aquele dia e relaxarmos. Eu tentei, mas peguei no sono muito fácil, não resisto ficar acordada com sol na cara e barulhinho de cachoeira após fazer exercícios.

Além de guia, Michela é fundadora do Innerwalk Project, professora de ioga, dançarina e fotógrafa. Enquanto o DJ Alex também é terapeuta, mestre em Reiki e guia de jornada de meditação na Suíça. Por isso saímos tão relaxados, harmonizados e felizes, havia uma técnica conduzida por profissionais por trás das atividades.

Onde fica essa experiência sensacional na Suíça (cachoeiras)

O Innerwalk Project pode acontecer em qualquer lugar do mundo, preferencialmente em cenários lindos na natureza e a Suíça é perfeita para isso. A minha experiência foi em Locarno, no Cantão Ticino, visitando as cachoeiras: 

Cascata de Giumaglio é o cenário para a experiência sensacional na Suíça
Cascata de Giumaglio
  • Cascata de Giumaglio (6678 Maggia) localizada a uma curta caminhada de 240 metros da estrada passando por algumas casas, a queda d’água fica no pátio de uma delas, mas é aberta ao público e com fácil acesso. 
  • Já a Cascata del Salto exige uma caminhada de 750 metros passando pelo vilarejo Via Campii (número 24, 6673). O terreno para alcançar a água é com pedras grandes e irregulares, difícil para quem tem problemas de mobilidade.
Cascata del Salto
Cascata del Salto

Locarno fica 28 km ao norte de Lugano facilmente acessível por trem, ali em frente da estação mesmo tomamos o ônibus para Maggia Valley. Descemos na estrada e fomos a pé até as duas cachoeiras, a distância entre elas é 4 km, mas pode pegar o ônibus se não quiser caminhar. Para não se perder na localização ou horários do transporte público, baixe o aplicativo SBB Mobile e use durante toda a viagem pelo país, é muito útil, grátis e preciso (e a internet da Holafly funcionou super rápida mesmo na trilha). Reserve uma hora para ida desde Lugano e uma hora para a volta. De carro pode ser mais rápido, no entanto, desnecessário com a qualidade do transporte público na Suíça.

Vallemagia (Magia Valley) é rodeado por montanhas com florestas densas e lagos cristalinos formado pelas chuvas e cascatas. No meio dessa natureza, casas de pedra, vinhedos e vilarejos tradicionais.

Tome Nota

A sede do Innerwalk Project fica em Locarno, mas realiza excursões de 1 até 5 dias em locais da sua escolha. O tour pode levar de 3 a 9 horas por dia e praticar outras atividades como caiaque, parapente ou ioga, além das mencionadas na minha experiência. Acesse o site para ver as próximas saídas confirmadas. Crianças a partir de 12 anos são bem-vindas.

O que levar para essa experiência sensacional na Suíça

Roupa de banho por baixo do vestuário confortável para se movimentar muito. O dia começa gelado conforme a época do ano, em outubro usei jaqueta corta-vento, blusa térmica, camiseta, calças-bermuda e bota de trilha. Conforme meu corpo foi esquentando, fui tirando as camadas e fiquei só de bermuda, camiseta e pés descalços. Leia o texto com sugestões para montar a mala de viagem e onde comprar.

Verifique se o lanche de trilha está incluso ou leve algo para dar energia, além da garrafa de água que pode ser vazia porque qualquer fonte em Ticino tem água potável disponível para todos. 

Na mochila pequena leve também óculos de sol, chapéu, protetor solar, câmera fotográfica, alguns francos (cartão nem sempre é aceito nos vilarejos) e documentos. Se está em algum meio de hospedagem em Ticino, vai receber o Ticino Ticket que dá direito a usar o transporte público regional sem custo. Se tem o Swiss Travel Pass, lembre de andar sempre como o seu passaporte para comprovar ser você. Sem esses passes, deve comprar as passagens necessárias antes de iniciar o passeio. 

Essa experiência sensacional na Suíça foi um convite da Adventure Travel Trade Association, Ticino Turismo, Locarno-Ascona Turismo e Switzerland Tourism.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. Imagens sem marca de Michela di Savino.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Você está em INICIAL » SUÍÇA » Experiência sensacional na Suíça: trilha + dança + cachoeira
Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 16 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

Write A Comment