Quem tem boca vai a Roma e vai mesmo! Só precisa saber falar italiano, senão vai ficar parado no guichê de informações do aeroporto de Fiumicino para sempre… Continuo essa história e o roteiro Roma em oito horas a seguir.

Atenção! A União Europeia não está permitindo a entrada de turistas provenientes do brasileiros.

Leia todos os textos sobre a Itália

Nota do editor: Este não é o melhor momento de viajar para fora do Brasil, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco!

Itália é incrível para viajar de carro. Saiba o que precisa para alugar um no exterior

Agende tours, transfers e ingressos agora ou saiba como funciona

A chegada no aeroporto e o trem para Roma

Por Augustin Caceres ℹ︎

As opiniões expressas pelos viajantes colaboradores são próprias e nem sempre refletem o pensamento do Territórios. Conheça o autor ou deixe um comentário.

Entrei na fila para tirar algumas dúvidas e foi muito divertido ver como a atendente respondia às perguntas dos outros turistas que estavam à minha frente. Todo mundo pergunta a mesma coisa: “onde pegar o trem que vai para o centro?”. E ela, impaciente e aborrecida, repetia rapidamente a mesma resposta como um robô, gesticulando e falando alto italiano ou mistura de inglês com italiano e, claro, sem direito a segunda pergunta.

receba dicas da Europa por e-mail

O mais engraçado de todos foi um japonesinho de óculos que estava na minha frente. Ele fez a pergunta usando um dicionário de espanhol. Claro que ele não entendeu nada da resposta e foi automaticamente ignorado. Ela já passou a atender o turista seguinte. O coitado ficou boquiaberto olhando para ela enquanto ela já dava atenção ao próximo da fila.

Termas de Caracalla
Termas de Caracalla

Pegar o trem foi outra história engraçada. Não tem nada avisando e não sei como eu descobri que tinha que validar o tíquete antes de entrar no trem, em uma espécie de grampeador que tem na área de embarque. Claro, que um monte de turistas estrangeiros que entraram no trem não fizeram isso. Daí veio a fiscalização controlar as passagens.

Pegaram um casal de americanos que estava na minha frente e eles pagaram a multa de 50 euros. Depois foi um sujeito que eles colocaram para fora do trem, mas que misteriosamente voltou para o assento dele depois que o trem começou a se mover. O mais engraçado foi um grupo de senhoras espanholas que armaram o barraco dentro do vagão. De repente, a gritaria parou, os fiscais foram embora e os americanos comentaram:  “Que  estranho,  não  vi  dinheiro  algum.  Elas  não  pagaram  a multa?” Fui obrigado a responder: “Bem-vindos à Itália!”

Arco do Septimio Severo
Arco do Septimio Severo

Roma

Castelo de San Angelo
Castelo de San Angelo

Roma fica no início da região sul do país, onde o povo já é mais caricato com aquele jeitão típico deles. Eu adoro. Como falo italiano e eles amam tanto a Argentina como o Brasil é muito divertido interagir.

Fontana di Trevi
Fontana di Trevi

Terra de loucos e navegantes. Isso é a Itália. Você pede um suco de laranja, te enchem o copo até a metade e entregam fazendo cara de nojo sem nem olhar para tua cara. Ou então puxam conversa e, quando você vê já está discutindo altos assuntos filosóficos ou estão te avisando para tomar cuidado ao pegar o ônibus para ir ao Vaticano, pois este é conhecido como o “Sexy Bus”. Pois é, me avisaram isso sim. Uma senhora de uma lan house me explicou que nesse ônibus rola de tudo e blá blá blá.

Peregrinos entrando na Basílica de São Pedro
Peregrinos entrando na Basílica de São Pedro
Nevasca em Amsterdam+ Veja o roteiro 60 dias na Europa
Ponte Fabricio
Ponte Fabricio

ENCONTRE HOTEL EM ROMA 

Roteiro Roma em 8 horas

A questão era que eu estava em uma das cidades mais famosas do mundo e só tinha 8 horas. Essa viagem aconteceu porque eu estendi uma conexão. Estava voando de Londres para São Paulo pela Alitalia e aproveitei para conhecer essa capital. Falo italiano, sou de família italiana, trabalhei muitos anos em empresas italianas, mas minhas viagens para lá sempre foram rapidíssimas! Algum dia, ainda vou conseguir passar uma boa temporada por lá como fez a Daniella e deixou os relatos aqui. Amo a Itália.

Via Conciliazione
Via Conciliazione
A boca da verdade
A boca da verdade

A solução do meu roteiro Roma foi pegar um mapa e ir andando rapidamente por tudo que poderia conhecer e foi apaixonante. Ótimo exercício. Ao todo, acho que foram 6 horas de caminhadas. Foi uma maratona urbana, mas deu para percorrer os principais pontos famosos. O Vaticano é maravilhoso. O Coliseu é espetacular. A Fontana di Trevi tem um azul turquesa indescritível. A galeria Alberto Sordi é muito chique e por ai vai.

A cidade inteira é um museu a céu aberto. Cada esquina que se vira, é possível se deparar com uma obra de arte da arquitetura mundial, como o próprio Coliseu, o Fórum Romano ou o Panteon. O Castelo de San Angelo é lindo, sobe-se uma passarela medieval em caracol até o topo onde tem uma vista quase completa de Roma. Um capítulo a parte são as pontes sobre o Rio Tibre que atravessa a cidade. São lindas e, mais ainda, aquelas que estão em ruínas.

Uma atração engraçada é a Boca da Verdade. Na época da Idade Média, ali funcionava como um detector de mentiras. Se quem pusesse a mão estivesse mentindo, teria a mão decepada! Imagina se isso funcionasse hoje na Itália de Berlusconi?

Tome Nota Roteiro Roma

Fontana di Trevi "dominada"
Fontana di Trevi “dominada”

Roma, assim como Veneza e Firenze, ficam lotadas o ano inteiro, mas evite os meses de alta temporada principalmente. Em Agosto e Setembro, além do calorão, não se consegue visitar lugar algum. Esta viagem foi nessa época e me senti em uma Disney para adultos. Cada atração tinha filas quilométricas e levava horas para entrar. São grupos de turistas indianos, japoneses, peregrinos poloneses no Vaticano, mochileiros por todos os lados e o pior, guias turísticos com os microfones para todo mundo ouvir suas explicações.

Da Fontana di Trevi, só vi um pouquinho da água de tanto turista que estava ali, fora os vendedores ambulantes que são muitos.  A pior cena foi quando entrei na elegante galeria Alberto Sordi e dei de cara com uma americana de mochilona trocando as fraldas do bebê no chão. O turismo em massa tira todo o astral desses lugares, mas eu também não posso falar nada.

Como chegar ao centro de Roma: o trem para chegar à estação Roma Termini, que é a principal, chama-se Leonardo da Vinci Express e parte a cada 30 min da plataforma 24 do próprio aeroporto. O percurso tem a duração de 30 min e o bilhete saiu por €11. Ah… o trânsito é caótico então o melhor é passear a pé mesmo.

Outra opção é comprar o bilhete do ônibus para centro antecipadamente, irá receber todas as instruções por e-mail e terá assistência mais educada ao chegar.

Trânsito caótico
Trânsito caótico

Veja mais fotos de Roma:

Roma em 8 horasRoteiro Roma em 8 horasRoma em 8 horasRoteiro Roma em 8 horasRoma em 8 horasRoma em 8 horasRoma em 8 horasRoma em 8 horas

 

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

INICIAL » ITÁLIA » ROMA » Roteiro Roma em oito horas
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é banner-italia-trem.jpg
Author Augustin Tomas o'Brien Caceres

Criado em uma família onde se falava espanhol, português, portunhol, italiolo e algo de inglês. Sempre se interessou por outros idiomas e hoje mora nos Estados Unidos e trabalha com comércio internacional na LE Group Industries.

3 Comentários

  1. Agustin Tomas Caceres Responder

    oi Catarina, obrigado pelo elogio e pela sugestão de correção. Roberta: chequei na internet e o nome correto da galeria é: ‘Galleria Alberto Sordi’ que é uma versão menor da ‘Vittorio Emanuele’ que está em Milão. Thank you girls. Cheers.

  2. ótimo texto, mas a Galleria Vittorio Emanuele fica em Milão.. talvez você queira dizer o monumento à Vittorio Emanuele.. aquele que fica na piazza venezia..

Deixe seu recado, escreva algo

Pin It