Gaudí, o melhor de Barcelona


Em um fim de semana visitei as principais obras de Gaudí: La Pedreira, Casa Batló, Parc Güell e Sagrada Família. Nessa última não tive tempo de subir até o topo, mas voltarei em breve.

Atenção! A União Europeia está permitindo a entrada de estrangeiros provenientes de 14 países com casos de Covid-19 controlados e com reciprocidade na abertura de fronteiras. Apenas Uruguai e Canadá, das Américas, entraram na lista válida a partir de julho.

Leia todos os artigos sobre a Espanha

Nota do editor: aqui no Territórios, nossa prioridade é fornecer aos leitores as informações necessárias para tomar decisões sobre viagens, além de inspiração e conhecimento. Este não é o melhor momento de viajar para fora do Brasil, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco!

Conhecendo as obras de Gaudí, sua história, seu tempo e seus feitos também virei fã do arquiteto. Ele ousou e foi muito criativo, sua arquitetura era pensada nas pessoas que iam utilizá-la, já as formas e as cores ele tirava da natureza.

Terraço em La Pedrera
Terraço em La Pedrera
receba dicas da Europa por e-mail

As obras de Gaudí

Casa Batló
Casa Batló

LA PEDREIRA foi um prédio residencial, vale para saber como vivia a burguesia naquela época. Toda a construção têm formas orgânicas e o terraço é o máximo.

BATLÓ foi casa de um empresário e foi inspirada em formas do fundo do mar. Os detalhes e móveis em madeira feitos por marceneiros, são incríveis e naquela época não existia computador, apenas os desenhos feitos a mão por Gaudí.

O PARC GÜELL fica no alto e tem uma bonita vista da cidade. O melhor são os desenhos feitos com mosaicos em bancos, telhados, paredes, fontes, etc. Pena que o parque só abre as 10h, eu queria ter ido mais cedo para aproveitar a luz e tirar fotos sem pessoas. Durante a semana é melhor, mas eu tenho que trabalhar.

A SAGRADA FAMÍLIA  ainda esta em construção, segue o projeto original e tem previsão de ser finalizada em 2020, é grandiosa e cheia de detalhes. Fiquei horas admirando e não vejo a hora de subir até o topo. No parque a entrada é livre (paga para entrar nos museus), todas as outras obras são pagas e não são baratas. Ainda bem que tenho carteira de estudante internacional e pago menos, tenho aproveitado esses descontos.

La Pedrera, obra de Gaudí

Sagrada Família, obra de GaudíPalau de la Musica Catalana, obra de GaudíPalau de la Musica Catalana, obra de Gaudí

Hall de entrada na Batló - Gaudí
Hall de entrada na Batló

 

Sagrada Família cheia de detalhes
Sagrada Família cheia
de detalhes

 

Veja outros posts e leia o que precisa saber para planejar essa viagem em Destino Barcelona

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

3 comentários

  1. Eu também adoro Gaudi. As melhores fotos que fiz em Barcelona foram no Parc Guell. Lindas, coloridas, piradas. Vais passear para os lados bascos???

    Bjs

  2. Quando voltar à Sagrada Família, não esquece de subir ao topo pela escada, tá? Hehehe

    Beijão e aproveita muito por aí!

    Déia

  3. OI!!

    Olha só, dia 20/12 vamos fazer um happy hour de final de ano com o pessoal aqui da giornale.

    Vai ter amigo secreto (r$ 30,00) e preciso saber se queres´participar (do happy já confirmei, pq é por conta da giornale!!).

    Me manda por e-mail a tua resposta sobre o amigo secreto o quanto antes, tá?

    beijão!!

Deixe uma resposta