Acesso rápido: Porto Seguro | SalvadorOuro PretoRio de JaneiroSão Paulo | Santos | Passeios

6 destinos para entender a história de 7 de setembro

1. Costa do Descobrimento 

Estátua de Pedro Álvares Cabral em Santa Cruz de Cabrália
Estátua de Pedro Álvares Cabral em Santa Cruz de Cabrália nos anos 90

A região de Porto Seguro (BA) é um dos destinos mais importantes por marcar o início oficial da colonização em 1500. A parte histórica fica entre o centro e o município vizinhos Santa Cruz de Cabrália. 

Estive lá há mais de 20 anos e a melhor lembrança são as horas caminhando entre praias maravilhosas e falésias até Trancoso. No Google Maps diz que leva 60 km com desvios pelas cidades como melhor alternativa, mas anotei no meu diário 12 km direto pela praia após pegar a balsa em Porto Seguro. Hoje pode haver construções no caminho, mas quem gosta de caminhadas longas, vale se informar ao chegar.

Onde se hospedar: minha mãe viajou em 2020 e se hospedou no Bosque do Porto Praia Hotel com avaliação Muito Bom no Booking.com

^ Voltar início ^

2. Salvador

Já foi capital do país e abriga marcos importantes no Centro Histórico como o Pelourinho. Alguns pontos que valem a visita são o Elevador Lacerda e o Mercado Modelo. Na costa fica o Farol da Barra, construído no final do século XVII, junto ao Forte de Santo Antonio da Barra. 

Apenas fique atento aos seus pertences, foi o único lugar onde fui assaltada durante uma viagem (exatamente na Praia do Rio Vermelho no Dia de Iemanjá) e deixou uma impressão tão ruim que ainda não tive vontade de voltar. Talvez se tivesse contratado um passeio ou camarote, estaria mais segura com a companhia de outros viajantes. No dia estava só com meu irmão.

Centro Histórico de Salvador é Patrimônio da Humanidade
Centro Histórico de Salvador

Onde se hospedar: Bahiacafé Hotel tem avaliação Fantástico em mais de 1600 comentários e está localizando em uma casa colonial do Pelourinho.

^ Voltar início ^

3. Ouro Preto

A antiga Vila Rica (MG) foi berço da Inconfidência Mineira, movimento decisivo para a declaração da independência do Brasil. Com ruas de pedra e arte barroca por todos os lados, basta caminhar sem rumo para voltar ao tempo do Império. Visitei duas vezes e na segunda contratei um guia passando praticamente pelos mesmos lugares. Quanta diferença! O passeio guiado mudou completamente o que eu sabia da história do Brasil e da cidade. 

Ouro Preto para comemorar o feriado 7 de setembro
Arquitetura colonial em Ouro Preto

Onde se hospedar: recomendo duas pousadas onde me hospedei com ótima localização, Pousada do Mondego e Pousada do Douro.

^ Voltar início ^

4. Rio de Janeiro

A Cidade Maravilhosa foi a capital do Brasil entre 1763 e 1961 e a única das Américas oficialmente nomeada capital de um país europeu em 1808. Quando D. João VI transferiu o governo português, e toda a família real, para o Brasil temendo uma invasão de Napoleão. O centro reúne diversas construções coloniais como o Real Gabinete Português de Leitura e o Paço Imperial, além da Ilha Fiscal, na Baía de Guanabara, que recebeu a última grande festa do Império brasileiro em 1889. Aprendi isso na escola como todo mundo, mas só gravei estando ali acompanhada por um local em tour histórico

Arquitetura colonial no centro do Rio de Janeiro
Corredor Cultural no Centro Histórico do Rio de Janeiro

Onde se hospedar: deixo três opções onde me hospedei. Para vista e muito conforto Hotel Hilton Copacabana, para ficar perto dos atrativos históricos com conforto Hotel Regina e para economizar Ace Suites Inn Rio.

^ Voltar início ^

5. São Paulo

Onde o famoso grito de independência ecoou em 1822, D. Pedro I estava às margens do Rio Ipiranga. Hoje Parque da Independência, local de um jardim belíssimo em frente ao Museu do Ipiranga (prédio ainda fechado para reforma), já o rio sumiu no meio do cimento. Na época, o imperador se hospedou no Pátio do Colégio, onde a cidade começou e hoje é museu. Também vale visitar o Museu da Cidade de São Paulo que era a casa da Marquesa de Santos, amante de D. Pedro I .

Por ter a maior oferta cultural da América Latina, certamente vai encontrar muita história do nosso Brasil em mais de 110 museus na capital.

Pátio do Colégio, em São Paulo
Pátio do Colégio, em São Paulo

Onde se hospedar: há opções econômicas no bairro Ipiranga, mas recomendo ficar perto da Av. Paulista para circular melhor entre o centro e os atrativos históricos do bairro. O luxuoso Renaissance é o melhor experimentado na cidade, para um bom conjunto: custo, benefício e localização, o Hotel San Gabriel.

^ Voltar início ^

6. Parque Caminhos do Mar 

Por fim, um destino que quero visitar e chegou como indicação para este feriado 7 de setembro. A famosa estrada de Santos virou o Parque Caminhos do Mar e não pode mais ser percorrida de carro e sim, a pé. Antes de inspirar a música de Roberto Carlos, foi rota do café no Brasil e trajeto feito por D Pedro I rumo à declaração da Independência.

As trilhas do Caminhos do Mar e da Calçada do Lorena – primeira ligação pavimentada entre São Paulo e o litoral paulista – contemplam visitação com atividades de recreação, educação ambiental e ecoturismo. Os 8 monumentos levantados em comemoração aos 100 anos da Independência, em 1922, são contemplados ao longo da trilha a pé, que dura cerca de 4 horas em seu percurso completo. 

Curva do Uau, Caminhos do Mar para passar o 7 de setembro
Curva do Uau, na antiga Estrada de Santos (divulgação)

O Parque Caminhos do Mar pode ser visitado de quarta-feira a domingo, inclusive feriados, entre 9 e 17h. Os valores das entradas variam entre R$ 15 a R$50,00, e visitas guiadas podem ser contratadas adicionalmente para até 5 pessoas, por R$ 100,00. Além da bilheteria presencial, o site da Parquetur, empresa gestora do parque, oferece informações sobre ingressos e mapas para chegada ao local. 

E aí, qual destino para viver a história do 7 de setembro quer visitar primeiro? Escreva nos comentários.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Você está em INICIAL » EXPERIÊNCIAS » CULTURAL » 7 de setembro é feriado nacional! 6 destinos para entender a história
quero dicas do Brasil
Author Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 15 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

Deixe seu recado, escreva algo

Chile aberto para brasileiros Rotas para voar no RS agosto