Quem olha o mapa do Brasil percebe dois grandes volumes de água no leste do Rio Grande do Sul, assim como uma faixa estreita logo abaixo de Porto Alegre. Esta porção de terra é onde termina a BR-101 e ficou remota por anos pelo difícil acesso. O que nunca foi empecilho para aventureiros orgulhosos de terem percorrido a Estrada do Inferno e encontrado diversas belezas pelo caminho. Entre elas, os atrativos naturais do município de Tavares, tema deste artigo. 

O texto continua após os serviços recomendados.

Leia todos os artigos sobre o Rio Grande do Sul

Alugue um carro e rode pelas estradas gaúchas com maior liberdade

Acesso rápido: As lagoas | Estrada do Inferno | O que fazer | Onde dormir | Tours | Onde comer | Como chegar | Por onde começar

Tavares entre o mar e as lagoas

Os dois volumes de água são a Laguna dos Patos e a Lagoa Mirim, respectivamente, a maior laguna e maior lagoa do Brasil. Mas elas não estão sozinhas, basta aproximar o mapa para visualizar vários desenhos de canais e lagoas interligados ou desaguando no Oceano Atlântico, entra elas, a Laguna do Peixe. Esta junção da água salgada com a doce deu o nome a uma região turística chamada Costa Doce.

Antes de alguém reclamar de informação equivocada sobre a maior lagoa do Brasil, respondo a pergunta: Por que devemos dizer Laguna dos Patos em vez de Lagoa dos Patos? Quando um volume de água se comunica com qualquer oceano, a denominação correta deixa de ser lagoa e vira laguna. O equivoco foi terem ensinado errado nas escolas até poucos anos atrás e também se refere à Laguna do Peixe. Neste caso é ainda mais difícil de se acostumar porque já existe o Parque Nacional oficialmente chamado Lagoa do Peixe.

A Estrada do Inferno 

Os 321 quilômetros entre os municípios de Osório e São José do Norte foram pavimentados por completo em 2010 (50 anos após o início das obras). Desde então, são apenas 3 horas para percorrer o trecho da da BR-101. Antes levava 3 dias a cavalo, moto ou veículo 4×4, entre areia fofa, lama e muita água. E poderia ser mais rápido se toda a extensão estivesse em bom estado. O melhor trecho é o mais recente entre Tavares e São José do Norte.

Guia RS pra levar na viagem e ler em qualquer aparelho

Os heróis da Revolução Farroupilha também passaram por Tavares. Tenha todo o conteúdo sobre este itinerário para consultar durante a viagem e ainda ter sugestão de roteiros com mapa interativo detalhado, adquira o guia Guia RS Rota Farroupilha >>

O que fazer em Tavares

Embora restrito em tamanho na zona urbana, o território é vasto abrangendo a maior parte do Parque Nacional da Lagoa do Peixe. Há diversos atrativos na natureza e boas opções gastronômicas. Listo 8 atividades possíveis para quem se hospeda dois dias em Tavares.

1. Praticar birdwatching

Flamingos vindos do Chile
Flamingos vindos do Chile

A mistura da água salgada com a doce concentra grande número de aves migratórias no Parque Nacional da Lagoa do Peixe. No outono e primavera recebe flamingos do Atacama (Chile) e maçaricos variados do Alasca (EUA), além dos pássaros regionais.

2. Fotografar a natureza

Cenário de praia isolada no Rio Grande do Sul
Cenário de praia isolada no Rio Grande do Sul

Além das aves, durante todo ano é possível encontrar animais marinhos descansando na praia ou avistar no mar como as baleias-franca e as tartarugas. Os cenários isolados e fauna preservada revelam boas surpresas aos olhares mais atentos.

3. Subir no Farol de Mostardas 

O Farol de Mostardas fica em Tavares
Vista do alto do Farol de Mostardas

Construído em 1940, é administrado pela marinha e não aberto ao público oficialmente. Mas os funcionários permitem a entrada e acompanham a visita quando não estão muito ocupados. Do alto dos seus 168 degraus é possível ver toda a Lagoa do Peixe e o pequeno balneário.

4. Desfrutar dos frutos do mar que invadem as lagoas

Camarão da Lagoa do Peixe
Camarão da Lagoa do Peixe

O povo de Tavares fala com orgulho do seu camarão da Lagoa do Peixe. Em determinada época do ano, o mar invade a lagoa trazendo fartura e esta mistura da água doce com a salgada faz o crustáceo ser único, natural e não criado em cativeiro. Experimentei o camarão empanado do restaurante Totta’s e aprovei, bem sequinho e crocante, embora eu seja suspeita porque é um dos meus frutos do mar preferidos. Bolinho de peixe (puro de verdade), casquinha de siri e risoto de camarão também valem a pena.

A temporada para comer camarões frescos vai de dezembro a abril com alguma variação, pois, depende da entrada do mar na lagoa e da safra. Além disso, a pesca só é permitida após a medição do crustáceo para ser sustentável. Mesmo assim, é possível encontrar pratos feitos a partir do camarão congelado o ano todo.

Onde comer em Tavares:
Totta’s Café e Mistura é a melhor opção pelo cardápio e animação no jantar. Estava lotado em um domingo de novembro. Serve drinks elaborados e cervejas uruguaias. Aberto da tarde até a noite, de terça a quinta, na Avenida 11 de Abril, 218, a rua principal da cidade.

Padaria do Primo é a opção de lanche e almoço com variedade de doces e salgados em ambiente agradável e bom atendimento. Abre de segunda a sábado a partir do café da manhã até o fim da tarde na Avenida 11 de Abril, 207.

5. Observar estrelas

Via Lactea
Via Láctea por Rodolpho Reis

Lugares afastados das grandes cidades tem a vantagem do céu estupidamente estrelado, ainda mais espremidos entre a imensidões do mar e das lagoas. Inclusive, a região já foi tema de dois posts Fotos da Semana enviados por amigos fotógrafos (veja aqui).

6. Apreciar o pôr do sol na Laguna dos Patos

Lagoa dos Patos em Tavares
Lagoa dos Patos

Uma das perguntas que sempre faço ao visitar um novo destino é sobre bons lugares para ver o nascer ou pôr do sol. Em Tavares pode fazer os dois, um no mar e outro na Laguna dos Patos. Optei pelo segundo e foi lindo. Silêncio, praia deserta, revoada de pássaros e cuidado para não atolar o carro ao chegar. 

7. Fazer trilha de jipe

Trilha de jipe para observar aves
Trilha de jipe para observar aves com Lagoas Expedições

O acesso continua difícil e selvagem saindo da estrada asfaltada, o que é ótimo para quem gosta de trilha 4×4. Explorar o Parque Nacional da Lagoa do Peixe e a Laguna dos Patos preenche fácil os dos dias. Além de ser o transporte indicado para todas as atividades sugeridas.

8. Viva o conceito pós-luxo

Mata nativa e o barco esperando inundado a próxima safra de camarão
Mata nativa e o barco esperando inundado a próxima safra de camarão

Por fim, uma novidade na região da Costa Doce é a Rota dos Patrimônios 100% Natureza. Um roteiro turístico de cunho socioambiental e histórico-cultural composto por quatro Unidades de Conservação: Parque Nacional da Lagoa do Peixe, Refúgio de Vida Silvestre do Molhe Leste, Área de Proteção Ambiental dos Botos da Lagoa dos Patos e Estação Ecológica do Taim. 

O conceito pós-luxo é uma tendência global para diminuir os efeitos nocivos do turismo de massa (overtourism). Busca valorizar produtos e serviços locais que sejam únicos, genuínos e especiais. 

Tome Nota Tavares

Suíte do Hotel Parque da Lagoa, em Tavares
Suíte do Hotel Parque da Lagoa

Onde ficar em Tavares: Hotel Parque da Lagoa oferece a melhor estrutura da região, além opções de passeios com guias especializados em ecoturismo que fazem um roteiro personalizado para os hóspedes. Os ambientes são limpos e novos, a cama é confortável, o atendimento cuidadoso e o buffet de café da manhã bem apresentado com produtos regionais. Ainda tem piscina, estacionamento, bom sinal de WiFi e localização central.
RESERVE AQUI 

Como chegar: existe transporte público pinga-pinga entre Porto Alegre e São José do Norte, e vice e versa, três vezes por dia. O meu caminho foi a partir de Rio Grande, lá peguei a balsa até São José do Norte e segui pela BR 101 de carro. Chegando a Tavares recomendo o receptivo Lagoas Expedições para transporte 4×4, mesma empresa do hotel acima.

Gostou do destino? Vem comigo! Sou guia de turismo e penso em levar um grupo em breve. Se ficou interessado, entre em contato pelo formulário para ser avisado das próximas saídas.

Inscrição para participar da viagem

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. Hospedagem e refeições foram cortesia de empresários locais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Por onde começar a planejar a viagem

  1. Se já sabe, se inscreva dizendo para onde será a próxima viagem e receba dicas exclusivas por e-mail.
  2. Quando a data estiver definida, pesquise as passagens áreas ou aluguel de carro. Mas antes de finalizar a compra, faça o seguro viagem quase simultaneamente para ter eventuais cancelamentos cobertos, além de assistência médica e perda de bagagem.
  3. Então monte o roteiro e vá fazendo as reservas de hospedagem e passeios conforme o tempo disponível.

A seguir deixo mais links sobre essa mesma região ou experiência.

^ Voltar início ^

Você está em INICIAL » BRASIL » RIO GRANDE DO SUL » Tavares entre o mar e as lagoas
quero dicas do Brasil
Author Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 15 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

Deixe seu recado, escreva algo

Chile aberto para brasileiros Rotas para voar no RS agosto