Categoria

OPINIÃO

Categoria
Estrada da América do Sul: Bolívia

O nosso continente têm cenários de tirar o fôlego e histórias melhor digeridas quando percorremos por terra sem ultrapassar os 100 km por hora. Pode ir com carro próprio ou pegar um avião, mas ao chegar sugiro alugar um veículo, tomar um ônibus ou contratar uma excursão com motorista para explorar as estradas da América do Sul. Compartilho 7 estradas da América do Sul e entrevista com um casal que cruzou o continente durante 14 meses em um carro 1.0 gastando o mínimo possível.

Viaje intensamente, viaja sozinha

Imagine viajar sem ter nenhum amigo ou parente por perto e poder escolher o que eles merecem saber ou se vamos manter somente em nossa memória. Quem se anima a viajar sozinha, pode ter uma experiência intensa e além das expectativas. Apenas viaje e depois decida se valeu a pena!

Quais territórios fazem fronteira com o Brasil

[Atualizado abertura de fronteiras] 10 territórios fazem fronteira com Brasil e destes conheço 8, todos com experiências de viagens relatadas aqui no site: Guiana Francesa, Suriname, Guiana, Venezuela e Colômbia ao norte; Uruguai e Argentina ao sul; Paraguai, Bolívia e Peru à oeste. Detalhes neste artigo e complemento referenciado os relatos sobre os destinos visitados. Também mostro as vantagens de ser nascido nos limites territoriais do Brasil.

Professores e estudantes ganhadores de bolsa de estudos da Fundação Carolina

Para quem pensa em viver um tempo fora do Brasil, já pensou ganhar uma bolsa de estudos para diminuir as despesas? Eu e Luciano Nagel tivemos essa experiência em programas de pós-graduação, na Espanha e na Alemanha, e contamos no episódio 39 do podcast Tesão de Ouvir como conseguimos, o que achamos e como isso impulsionou nossas vidas profissionais. 

Walking Tour no Rio de Janeiro

A primeira vez que ouvi o termo free walking tour foi nos Encontros de Viajantes de São Paulo há quase uma década. Desde então já fiz em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Porto Alegre e Juliana fez em Paris. São ótimos para quem viaja sozinho, quer conectar com outras pessoas, para ter um panorama do lugar ou dispõem de pouco tempo no destino.

Roberta e os sonhos pandêmicos

Você tem sonhos pandêmicos? Eu tenho, mas longe de ser negativo como pode pensar ao ler o título, são um alívio nesses tempos incertos. Meus sonhos não são pesadelos, ao contrário, têm sido literalmente viagens diferentes a cada adormecer. Igual à rotina que eu costumava ter ao explorar uma cidade pela primeira vez.

Exigência de vacina para viajar

E se a nacionalidade não importasse mais na hora de visitar um país? Pois, pela primeira vez, isso pode virar realidade até mesmo para lugares onde o passaporte não é tradicionalmente bem-vindo. O motivo seria a vacina da covid-19 e sete nações já anunciaram oficialmente ser vacinado como requisito principal de entrada em seus territórios. Além deles, uma lista crescente de países está estudando a ideia.

Amigo por correspondência

Muitos viajantes ainda se recusam a deixar a pandemia destruir a sua lista de desejos. Alguns viajam como podem, enquanto outros migraram, temporariamente, para os passeios virtuais. E aqueles de nós que viajam para se conectar com pessoas? Conhecer os habitantes locais e outros viajantes é uma das partes mais gratificantes de qualquer roteiro e faz muita falta. Eu sei, há grupos online, chats e diversas alternativas na Internet, mas pode ser superficial, arriscado e não chega perto da vivência de ter um amigo por correspondência.