Zagreb

Zagreb: a capital feita na escala humana


Croácia? Oi, desculpa? Se você for homem, provavelmente irá se lembrar daquela seleção de camiseta estranha, com xadrez vermelho e branco, que chegou longe na Copa de 1998. Se for mulher, provavelmente só irá lembrar de uma ilha que a Beyoncé visitou por lá no último verão europeu.

receba dicas da Europa por e-mail

Porém, a Croácia, mesmo sendo um país praticamente desconhecido para nós brasileiros, pode se revelar um destino incrível de se viver e conhecer. Desde palácios romanos na costa até um dos mais modernos estádio-arena da atualidade, este pequeno país criado ha apenas 20 anos, após a dissolução da Iugoslávia, pode ser um marco em sua vida.

Croácia não tem restrições para brasileiros, mas faz parte da União Europeia que não está permitindo a entrada de estrangeiros provenientes dos países com casos de Covid-19 não controlados. Verifique com a companhia aérea.

Nota do editor: Ainda não é o melhor momento de viajar para fora do Brasil, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco

Vai alugar um carro? Pegue as dicas para fazer reserva no exterior

Quer agendar passeios e transfer agora? Use a Get Your Guide ou saiba como funciona

Trg Ban Josip Jelacic
Trg Ban Josip Jelacic

Zagreb: a capital feita na escala humana

Zagreb é uma cidade que sempre foi ponto de comunicação, principalmente por se localizar entre as principais rotas do norte e de conexão terrestre entre Itália e Grécia. Protegida dos ventos do norte pela montanha Medvednica, sua parte antiga se situa ao pé deste monte, e se abre a modernidade nas planícies do Rio Sava.

Diferente de outras grandes capitais europeias, Zagreb possui aproximadamente 850 mil habitantes (1/5 da população croata). Inicialmente sendo habitada por pessoas de todas as partes da Europa, Zagreb agora passa a receber pessoas de toda a parte da Croácia, enriquecendo ainda mais seu espírito hospitaleiro. Uma cidade que sempre tem suas portas abertas, fácil de se locomover, onde se pode sentar em ótimas cafeterias e apreciar a vida por horas.

Diz-se que Zagreb é a cidade da escala humana principalmente porque seus edifícios não são altos. Arranha-céus e prédios em altura aqui, são poucos. A escala permite que você não se sinta oprimido e te impulsiona a sair caminhando pelas ruelas e passagens que existem aqui.

Lago Bundek
Lago Bundek

O que fazer em Zagreb

Como qualquer cidade, Zagreb também cresceu. Estendeu-se sobre as planícies do Rio Sava e abarcou três lagos que hoje são refúgios urbanos na capital. Começando pelo LAGO JARUN (íarún), um lago não muito profundo onde se pode nadar, ver alguns peixes, tartarugas e patos. Na volta, há várias cafeterias e restaurantes, além de duas casas noturnas que dizem estar entre as Top 10 do mundo! Há também o LAGO BUNDEK (búndec), maior e com vários espaços para fazer churrasco, sendo que o deles, chamado cevapi (tchevápi), são pequenos enrolados de carne de porco bem temperados, servidos junto à cebola e pão árabe.

Arena Zagreb
Arena Zagreb

Nesta região também encontra-se a Estação de Ônibus Autobusni Kolodvor (autobúsni côlodvór), e principalmente, a ARENA ZAGREB: um dos mais modernos estádios-arena da Europa, com espaço multiuso para receber eventos esportivos e também grandes concertos de música. Ao lado, fica a ARENA CENTAR, um grande shopping center com diversas lojas e grande espaço de permanência.

Em Zagreb, locomover-se não é um grave problema. O sistema de transporte público é muito moderno. Os mais usados são os tramvajas (tramváias) ou simplesmente trams. São bondes elétricos modernos (mesmo que de vez em quando você pegue algum mais antigo) que conectam toda a cidade. Pode ser que você tenha que pegar dois, dependendo de onde vai, mas não será necessário esperar mais do que 10 minutos.

A passagem custa 10 KN. Quando você entrar, procure uma maquininha e insira seu bilhete. Pronto, viaje tranquilo. Na verdade, ninguém irá lhe cobrar a passagem, porém, quando menos esperar, um inspetor da companhia de transporte pode te abordar e pedir o seu bilhete. Se você não tem, a multa é de 200 KN e eles repassam seu nome pra polícia.

Existe um sistema de áudio que indica a próxima parada. E visores no tram também mostram o nome da próxima estação. Precisa esforço pra se perder.

Leia mais posts do Gabriel sobre Zagreb:

Zagreb com mil corações

Tome Nota Zagreb

Hospedagem em Zagreb:
HOSTEL OLD TOWN ZAGREB – Dordiceva 24 (Ulica Ignjata Dordica)
FULIR HOSTEL – Radiceva 3A, Zagreb, Croatia
NOCTURNO HOSTEL – Skalinska 2a (tem um ótimo e barato restaurante embaixo. Recomendo a massa carbonara e as lasanhas)
RAVNICE YOUTH HOSTEL – I Ravnice 38d (não tem a melhor localização, mas tem uma ótima estrutura).

Como Chegar:
Avião
EASYJET – Voos de Londres, Paris e Dortmund.
CROATIA AIRLINES – Conecta Zagreb as principais capitais europeias, porém, o preço é maior.

Trem
Itinerários vindos de Viena, Budapeste, Praga, Munique, Veneza e Ljubljana.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Leitores

Leitores

Relatos e fotos dos leitores que amam viajar e enviam suas histórias incríveis pelo mundo.

4 comentários

  1. Realmente José, há um grande exagero neste número! A populaçao correta é de 850 mil habitantes.

  2. 850 milhões de habitantes ????
    Não há exagero neste número ?

  3. eu quero conhecer as praias

  4. Ola Gabriel, parabens pelo texto. As dicas sao super uteis.
    A Croacia e um pais que quero visitar, ja coloquei na bucket list

Deixe uma resposta