Chegamos a Istambul, a cidade mais visitada da Turquia. Eu e minha companheira de aventuras (também conhecida como esposa) queríamos ir para algum lugar diferente para a nossa lua-de-mel atrasada. Depois de pesquisar um pouco e conversar com pessoas que já tinham ido para lá, decidimos que era o lugar certo.

Atenção! Os voos do Brasil foram suspensos e quarentena de 14 dias é obrigatória para quem passou por países de risco nos últimos 10 dias. Prova do teste negativo de PCR deve ser feito com até 72 horas antes da partida do primeiro ponto de embarque e preencher formulário.

Nota do editor: este não é o melhor momento de viajar para fora do Brasil, mas pode ser agradável planejar uma viagem futura ou aprender algo lendo nossas experiências. Continue conosco.

Vai alugar um carro? Pegue dicas para fazer a reserva

Quer agendar passeios e transfer agora? Use a Get Your Guide

Clima de lua de mel na Turquia
Clima de lua de mel

Por Rodrigo Baena ℹ︎

As opiniões expressas pelos viajantes colaboradores são próprias e nem sempre refletem o pensamento do Territórios. Conheça o autor ou deixe um comentário.

Acesso rápido: Impressões | O que fazer | Tours | Dicas | Por onde começar

Fotografando na mesquita
Fotografando na mesquita

Do aeroporto, pegamos um ônibus de viagem e em meia hora estávamos no centro da cidade. Pessoas – na sua maioria homens, andavam de um lado para o outro cruzando a praça central. O clima em Istambul estava um pouco tenso devido a algumas manifestações que tinham acontecido uns meses atrás.

Abrimos um mapa no meio da calçada e logo veio um senhor perguntar se precisávamos de ajuda. Disse onde era o hotel que estávamos procurando e saiu – ainda sério. Abrimos de novo o mapa para testar e de novo um outro homem veio oferecer ajuda. Percebemos que os locais saíam de algum esconderijo só para ajudar as pessoas na rua. Engraçado.

^ Voltar início ^

O que fazer em Istambul

Tempero especial na Turquia
Tempero especial

A cidade é cheia de Mesquitas, uma mais bonita que a outra. Tinha uma que era especial a Blue Mosque (Mesquita Azul), com azulejos por toda a parte e uma arquitetura incrível. Outra visita que não podia faltar eram nos Bazares – com seus temperos incríveis (até achei um tempero para quem tem problemas sexuais, veja foto). Entramos por uma rua, que dava em outra, que dava numa loja linda só de doces turcos – parada obrigatória. Os famosos doces Baklavas de massa folheada feito com mel e castanhas era uma especiaria do país.

Os bazares
Os bazares
Interior da Mesquita Azul
Interior da Mesquita Azul

Chegamos a mesquita. O caminho era de rei. Árvores paralelas nos levavam até o palácio onde ainda é usado para rezar.

Mais um momento obrigatório na viagem era conhecer a outra parte da cidade. Istambul é dividida por um braço de mar, de um lado fica a parte europeia e do outro a parte asiática. Uma das únicas cidades do mundo que pertence a dois continentes.


Cabeça de medusa na Cisterna da Basílica

+ Mayra listou as top 10 de Istambul

Mesmo sem ter um mapa na mão, tudo é muito fácil de achar – e se ficar um pouco difícil é só sair na rua com cara de perdido que alguém com cara de sério vem logo para ajudar.

^ Voltar início ^

Tours e experiências

O Kebab

Clique aqui se as imagens não aparecem no seu celular. Será direcionado para site parceiro do Territórios.

O Kebab
O Kebab

^ Voltar início ^

Tome Nota Turquia

Tenha a experiência de um banho turco. Eles ficam mais na parte europeia e são divididos por sexo – mulher vai para um lado e homem para o outro.

Coma todo tipo de Baklava e Kebab (um lanche de carne de carneiro) que puder.

Visite pelo menos três mesquitas – e com certeza a Mesquita Azul.

Compre temperos nos bazares – especialmente para arroz e peixes (dilissa!).

Tome um café turco num dos restaurantes da ponte, enquanto fuma um autêntico Hookah – um vapor com gosto de frutas.

Não se assuste com as caras sérias das pessoas – são um dos povos mais acolhedores que já vi.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Por onde começar a planejar a viagem

  1. Se já sabe, se inscreva dizendo para onde será a próxima viagem e receba dicas exclusivas por e-mail.
  2. Quando a data estiver definida, pesquise as passagens áreas ou aluguel de carro. Mas antes de finalizar a compra, faça o seguro viagem quase simultaneamente para ter eventuais cancelamentos cobertos, além de assistência médica e perda de bagagem.
    2.1 Avalie levar chip de celular e vá comprando a moeda aos poucos.
  3. Então monte o roteiro e vá fazendo as reservas de hospedagem e passeios conforme o tempo disponível.

A seguir deixo mais links sobre essa mesma região ou experiência.

^ Voltar início ^

Você está em INICIAL » TURQUIA » ISTAMBUL » Turquia: onde cara séria significa amizade
Author Rodrigo Baena

Rodrigo Baena é jornalista por profissão, fotografo por paixão e viajante "quase" profissional. | Siga no Instagram

3 Comentários

  1. Bacana. Mas istambul nao é cortada por um rio e sim por uma ligação entre o mar negro e o mar de mármara.

  2. Rodrigo, bacana essa matéria sobre Istambul. Pretendo em breve conhecer também com minha esposa.
    Só um detalhe, a capital da Turquia é Ancara.
    Abraço. Fabiano.

Deixe seu recado, escreva algo