Imagina como o transporte de uma cidade tão povoada como a capital da Inglaterra Londres deve ser. Bom. Bom? Verdade? Conto como é andar de moto em Londres.

Tive uma moto em Londres

Por Rodrigo Baena ℹ︎

As opiniões expressas pelos viajantes colaboradores são próprias e nem sempre refletem o pensamento do Territórios. Conheça o autor ou deixe um comentário.

Rodrigo em Londres
Rodrigo em Londres

Mesmo com seus 7,5 milhões de habitantes, a capital inglesa não deixa seus motoristas loucos como em outras grandes cidades do mundo – e do Brasil, claro. Pra começar, quem quiser dirigir no centro de Londres precisa pagar uma taxa, que pode ser paga antes de sair ou até o dia seguinte – cerca de 26 reais por dia. E é melhor não tentar entrar sem pagar, a multa por não pagar a tal taxa é um pouco mais alta, cerca de 150 reais. Isso por si só, já afasta muitos carros do centro.

Para ajudar, o sistema publico de transporte funciona muito bem. É comum ver executivos andando de ônibus e metro na cidade, que vai até mais rápido que um taxi – e mais barato. Mas ainda sim, muitas pessoas e empresas precisam passar pelo centro, e um pequeno engarrafamento pode acontecer. Se tiver energia, a bicicleta é uma ótima opção. Mas, se você precisa ir mais longe e mais rápido, uma moto ajuda muito mais.

O numero de motos em Londres ainda é relativamente pequeno, e no inverno quase não se vê duas rodas pelas ruas. Mas é só chegar a primavera que elas começam a invadir a cidade. O gasto com gasolina e seguro chega a ser um pouco mais barato que transporte publico, mas quase ninguém por lá gosta de se aventurar por entre os carros (que por sinal respeitam bastante os motoqueiros).

Inscrição para receber dicas do Reino Unido por e-mail

Depois de morar por quase três anos em Londres, descobri a maravilha de ter uma moto, quer dizer, uma quase moto: uma scooter.

Tome Nota: moto em Londres

Assista o vídeo-trailer no meu canal do You Tube.

Scooters podem ser alugadas a partir de £65 libras – cerca de R$200 por dia. Aluguel por semana fica bem mais barato. Veja nesse link: About Town Bike Hire

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Você está em INICIAL » INGLATERRA » LONDRES » Londres em duas (rápidas) rodas!
Author Rodrigo Baena

Rodrigo Baena é jornalista por profissão, fotografo por paixão e viajante "quase" profissional. | Siga no Instagram

Deixe seu recado, escreva algo

Chile aberto para brasileiros Rotas para voar no RS agosto