Como chegar e circular na Ilha do Mel


Início de setembro fui conhecer a Ilha do Mel e vou contar como chegar e circular por lá. É simples e agradável, contudo, o trajeto não é direto nem permitido veículos a motor ou tração animal na ilha. O jeito é caminhar, pedalar ou navegar.

Continue a leitura após os serviços recomendados no destino.

Leia todos os artigos sobre o Paraná

AGILIZE SUA VIAGEM
Procurando hotel? Saiba onde nos hospedamos

Contrata passeios em Foz do Iguaçu agora

Por ser uma ilha sem pista de pouso, um trecho é obrigatoriamente feito em embarcação (táxi náutico, barco ou balsa), os outros podem ser por ferrovia e rodovias até Paranaguá ou Pontal do Sul, no litoral do Paraná. As portas de entrada são dois vilarejos: Nova Brasília e Encantadas. Ambos com estrutura em hospedagem, restaurantes, aluguel de bicicletas e transporte em barcos entre um e outro e o continente, sendo o primeiro maior e o segundo mais bonito.

quero dicas do Brasil

Como chegar e circular na Ilha do Mel

Placas de sinalização nos pontos turísticos e encruzilhadas ajudam no como chegar e circular na Ilha do Mel
Placas de sinalização nos pontos turísticos e encruzilhadas

Como circular na Ilha do Mel

Carrinhos de mão são usados para transporte e como chegar e circular na ilha
Carrinhos de mão são usados para transporte

Grande parte da ilha é uma reserva ecológica tombada pelo Patrimônio Histórico e administrada pelo Instituto Ambiental do Paraná, por isso é protegida e com algumas regras para turistas e moradores. Além das proibições no transporte, algumas áreas são fechadas e o acesso é restrito a cinco mil pessoas por dia contabilizados no embarque em Pontal do Sul e Paranaguá. Ou seja, na alta temporada é bom verificar se a ilha não está lotada e garantir a passagem com antecedência.

Não há iluminação pública, ruas ou estradas, apenas trilhas e 25 km de praias em 28 km2 de área. Alguns caminhos só a pé e outros são pelas pedras contornando os morros, porque os manguezais no interior da ilha tornam o percurso complicado. Apenas o acesso ao farol histórico é pavimentado. E quando a maré sobe muito (raro, mas pode acontecer), a ilha se divide em duas partes com a inundação da estreita praia do Istmo.

Acesso ao farol e vista para dois lados da Ilha do Mel com Istmo ao fundo
Acesso ao farol e vista para dois lados da Ilha do Mel com Istmo ao fundo

Durante dois dias e meio, circulei a pé ou de barco por quase tudo e evitei trilhas pelas pedras por estar sozinha. Na mochila andava sempre com água, lanche e lanterna, caso anoitecesse antes de eu voltar à pousada. Algumas praias são desertas e outras tem onde comprar comida, na dúvida sobre qual seria o destino e tempo em cada lugar, achei melhor andar prevenida e com o mapa.

Barco é como chegar e circular na Ilha do Mel
Vista do barco para a Ilha do Mel

Como cheguei e quais as opções para a Ilha do Mel

A minha ideia era pegar o trem turístico de Curitiba até Morretes, visitar Antonina e Paranaguá me deslocando em ônibus e no dia seguinte navegar até a Ilha do Mel. No entanto, o trem da frente descarrilhou 20 km antes de Morretes e o meu teve que voltar a Curitiba. Então, na própria Rodoferroviária, peguei um ônibus direto para Paranaguá, mas só cheguei no final da tarde e com chuva. O restante ocorreu como o planejado, passei a noite na Pousada Naturalis, peguei a embarcação pela manhã e dias depois voltei por Pontal do Sul e lá peguei o ônibus de volta para Curitiba. Mesmo com tempo ruim os barcos partem na hora marcada.

Trem pela Serra do Mar Paranaense é um dos trechos de como chegar e circular na Ilha do Mel
Trem pela Serra do Mar Paranaense

Via Terrestre

Partindo de Curitiba:
Serra Verde Express (trem para Morretes) ou Viação Graciosa (ônibus) partem da Estação Rodoferroviária. O primeiro, somente pela manhã, é contemplativo pela Serra do Mar Paranaense e leva cerca de três horas. O segundo tem vários horários tanto para Pontal do Sul (tempo de 2h15) quanto para Paranaguá (tempo de 1h30). Quem escolhe o trem, deve comprar a passagem de ônibus para ir da rodoviária de Morretes até Paranaguá e lá pegar o barco para a Ilha do Mel.

Também pode ir de carro próprio ou alugado (reserve pela Rental Cars) e deixar nos estacionamentos em Pontal do Sul ou Paranaguá. O caminho é pela BR 277 até Paranaguá ou, 10 km antes, entrar na PR 407 para Pontal do Paraná e de lá pegar a PR 412 até Pontal do Sul.

Partindo do sul do Brasil:
Pela BR 376 até Garuva e entrar na PR 412 rumo a Pontal do Sul. [

Embarcações que fazem a travessia servem como chegar e circular na ilha
Embarcações que fazem a travessia

Via Marítima

A escolha por Paranaguá ou Pontal do Sul depende do interesse de cada um. Pontal do Sul tem mais horários de balsa e menos de ônibus até Curitiba, mas o trajeto até a ilha leva apenas 30 minutos. Já o percurso por Paranaguá é mais bonito e a cidade fica mais perto de Curitiba.

Táxi Náutico é a opção mais cara pela flexibilidade de horário. Pode ser agendado com a hospedagem ou direto nos terminais de embarque.

Zarpando de Paranaguá:

A travessia para a Ilha do Mel leva aproximadamente 2 horas em barcos que partem diariamente às 9h e 15h. O valor é R$20.

Zarpando de Pontal do Sul:

Os barcos partem de 30 minutos (alta temporada) a 1 hora entre 8h e 17h30 diariamente. O valor é R$15.

Zarpando da Ilha do Mel:

Para Pontal do Sul os horários são os mesmos do mencionado acima em Nova Brasília. Para Paranaguá, os barcos partem de Encantadas às 7h30 e 16h30 (troca para 10h nos finais de semana pela manhã) e de Nova Brasília às 8h e 17h (troca para 10h30 nos finais de semana pela manhã). Os valores são os mesmos da vinda. 

Sinalização e trilhas na Ilha do Mel
Sinalização e trilhas na Ilha do Mel

Tome Nota: como chegar e circular na Ilha do Mel

Passar a noite em Paranaguá complementa a viagem por ser uma cidade histórica com rica arquitetura e opções de passeios para outras ilhas. Infelizmente, os imprevistos e o mal tempo me atrapalharam, mas a rápida primeira impressão foi boa e deu vontade de voltar.

Fiquei hospedada na Pousada Naturalis que é afastada do centro, mas tem uma vista privilegiada na beira de um canal, o mesmo que dá acesso à Ilha do Mel e futuramente terá um trapiche com o transporte direto para todas as ilhas. Fica a poucos metros da avenida por onde passam ônibus para o terminal de embarque e rodoviária de Paranaguá.

A pousada é nova e está em ampliação para oferecer mais atrativos e leitos. Os quartos são confortáveis com diferentes opções de preço conforme o padrão da suíte. Inclusive alguns com acessibilidade, e a internet pega bem. O café da manhã é bom com sucos naturais, pães, frios, bolos e cereais e o atendimento é feito pelos próprios donos. Seu Francisco é um viajante experiente que se preocupa com cada detalhe para os hóspedes se sentirem à vontade.

RESERVE AQUI

A hospedagem indicada no texto Como chegar e circular na Ilha do Mel foi cortesia.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Para quem chegou até aqui, agradecemos por valorizar o nosso conteúdo. Diferente das grandes corporações de mídia, Territórios é independente e se financia por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o nosso trabalho de diversas formas como:

1. Aproveitar os benefícios do financiamento coletivo

2. Levar nossos guias de viagem no celular

3. Contratar produtos e serviços recomendados através dos links nos artigos. Exemplos e como fazer: alugar veículos, reservar hospedagem e excursões, comprar seguro, chip internacional e moeda estrangeira, entre outros. A venda nos gera uma comissão sem aumentar o valor final, inclusive, repassamos os descontos para você.

A informação foi útil? Talvez queira apoiar e fazer parte da comunidade Territórios!

Compartilhe ideias e converse com outros leitores no grupo no Facebook ou acompanhe no Spotify e grupo de avisos do Whats App.

Você está em INICIAL » BRASIL » PARANÁ » ILHA DO MEL » Como chegar e circular na Ilha do Mel
quero dicas do Brasil
Roberta Martins

Comunicadora, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 15 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e aventura. Saiba mais na página da autora. Encontre no Instagram

12 Comentários

  1. Boa noite, estarei viajando para Curitiba finalzinho de março/2021, e pretendo fazer um tour no litoral (Paranaguá, Morretes e Ilha do mel). Não conheço nada lá e ela dica será bem vinda, se possível gostaria de chegar até morretes de trem, e quero estar por dentro dos valores (hospedagem em Morretes, Paranaguá e Ilha do mel).

    • Roberta Martins Responder

      Oi Jeamir, boa noite!

      Para hospedagem, escrevi o texto Pousadas em Paranaguá e Ilha do Mel contando sobre os lugares onde fiquei, ali tem links para ver preços e reservar.

      Também deixo o link do nosso parceiro que vende tours para o trem

      Me avise se prefere um agente de viagens para fazer orçamentos, montar o roteiro e cuidar das reservas para você. Eu não faço esse serviço, mas posso indicar profissionais.

  2. ÓTIMO CONTEÚDO, BEM EXPLICADO. ATENDEU MINHA NECESSIDADE, PRETENDO CONHECER A REGIÃO NO FINAL DESTE ANO (2019). PARABÉNS.

  3. Olá, muito bom seu posto. Estou querendo ir em setembro tb. Será que pegarei mt frio? Será que conseguirei curtir a praia. Obrigada

    • Roberta Martins Responder

      Oi Larissa, fui em setembro e peguei praia, mas também chuva como mostra nos outros relatos sobre a Ilha do Mel. Já leu todos?

  4. Boa Noite.confesso a você que estava muito confuso fazendo meu planejamento de passeio para ilha do mel com a esposa,pois a muita informação bem complicada de como chegar até lá.agora fiquei contente com as dicas valiosas que você explicou a acima, e acabou tirando um certo receio de conhecer um lugar tão bonito nesse nosso Brasil.muito obrigado,que você continue fazendo esse belo trabalho a tanta gente.Parabéns…

  5. Ilha do mel é demais! Faz muitos anos que fui e espero voltar em breve. Boas opções de ondas para o surf!!!

  6. Muito bacana, me ajudou demais explicando exatamente tudo que eu precisava saber!! rs

    Valeu, beijos!

Deixe seu recado, escreva algo