Vista do Hostel da Vila

Hostel da Vila oferece casa na árvore, glamping, kombi e mais


Se pudesse escolher entre dormir em casa na árvore, barraca estilo glamping, kombi adaptada ou os tradicionais quartos privativos, ou compartilhados, qual seria a sua preferência? O Hostel da Vila oferece todas essas opções além de uma vista linda para o Canal de São Sebastião, entre o continente e Ilhabela.

Passei duas noites por lá e intercalei as alternativas com meus amigos, vou contar as nossas preferências e ajudar a escolher a sua conforme o nível de exigência. Embora seja mais descolado que o padrão, é um hostel no conceito original, ou seja, todas as opções vêm com áreas de lazer e cozinha compartilhadas e a maioria com banheiro coletivo. O destaque são o bom astral e as acomodações estilosas integradas à Mata Atlântica preservada.

quero dicas do Brasil

Escolha a sua acomodação no Hostel da Vila

Pra começar, fica mais fácil encontrar o melhor de acordo com as necessidades pré definidas. 

  • Se faz questão de ar-condicionado, deve ficar nos quartos compartilhados, suítes ou barraca. Sim, glamping quer dizer que a barraca pode ter o mesmo conforto dos quartos ou até mais;
  • Se viaja em família ou exige o banheiro privativo, as suítes têm mais opções de leito e o banheiro dentro do quarto;
  • Se a ideia for economizar, as acomodações compartilhadas estão divididas em quartos para 4 até 12 pessoas em beliches;
  • Para maior privacidade e integração com a natureza, as casas na árvore são as mais silenciosas e nem parece que existem outras pessoas dormindo no mesmo terreno;
  • Para casais, as barracas estilo glamping são as mais românticas e confortáveis, enquanto a kombi hippie adaptada é a mais estilosa.

Como foram as nossas escolhas no Hostel da Vila

Kombi Hippie está ocupada com colchão de casal, ventilador, espelho, baú e aparador
Kombi Hippie está ocupada com colchão de casal, ventilador, espelho, baú e aparador

Antes de chegar, a casa na árvore parecia a mais interessante pelas fotos do site. Mas quando vi a barraca não resisti. Combinei com meus amigos e passei uma noite em cada, resultado? Adorei as duas. Nos dias mais quentes, a barraca será mais confortável pelo ar-condicionado; com temperaturas mais amenas, o astral de acordar com luz natural e ver o verde pela janela é muito bom. Já o amigo italiano, foi direto para kombi 1973 pela nostalgia. Nos seus vinte e poucos anos era dono de veículo do mesmo modelo e viajava assim pela Europa. Ele achou confortável, mesmo sem conseguir ficar em pé lá dentro pela sua altura. É mais indicado para quem tem menos de 1,70 metro como eu.

Casas na Árvore

Abrigam até 3 pessoas em uma cama de casal  e bi cama de solteiro, mas o ideal é para até duas pessoas em função do espaço reduzido. Está equipada com ventilador de teto, mosquiteiro, baú, aparador e espelho.

Interior da casa na árvore
Interior da casa na árvore
Casas na árvore do Hostel da Vila
Janelas para o verde na casa da árvore

Glamping

É uma barraca de lona, com fecho na porta e janela de tela, com suporte no meio garantindo a sustentação do teto para poder ficar em pé. Além do ar-condicionado, têm em seu interior luminária, cama box, aparador, baú, ventilador, espelho e colchão de ar extra, caso uma terceira pessoa queira dividir o espaço. Porém, o ambiente é menor que a casa na árvore.

Barraca de lona estilo glamping
Barraca de lona estilo glamping
Porta da barraca de lona estilo glamping
Interior da barraca de lona estilo glamping

Quartos compartilhados

Estão divididos em acomodações para 4, 6, 8, 10 e 12 pessoas (dormitórios mistos ou femininos) em beliches de ferro com armários individuais. A opção com 12 camas apresenta divisórias ficando parecido com as cabines cápsula já relatadas aqui e os armários ficam no lado de fora. Cada leito tem sua luz de leitura, tomada, roupa de cama e cobertor.

O astral e as áreas de convivência do Hostel da Vila

Ao entrar na propriedade dá para sentir a tranquilidade no meio da cidade, ou a Vila, como é chamada a zona onde está localizado. Uma trilha de paralelepípedos, em meio à vegetação nativa, leva até a recepção e de lá os caminhos são variados para as acomodações e áreas de  convivência.

Fim de tarde na piscina do Hostel da Vila
Fim de tarde na piscina

O ambiente da piscina é muito agradável com espreguiçadeiras e muito verde ao redor. Dá pra fazer uma bela pool party se os hóspedes forem animados. Nos meus dias por ali, em novembro, o pessoal era bem tranquilo.

O café da manhã é continental com sucos naturais, frutas da estação, cereais, iogurte, bolos e frios. É servido ao lado da Sala de TV e do Salão de Jogos e tem vista para o Canal de São Sebastião. Descendo as escadas, vai encontrar a melhor vista com poltronas e redes ao ar livre (foto destaque).

Café da manhã
Café da manhã

A cozinha está equipada para preparar diversas refeições ao lado do Salão de Jogos, mas tem horários de uso. Os banheiros estavam sempre limpos e vazios quando precisei usar. Se não me engano, são três femininos e dois masculinos em estilo vestiário.

Tome Nota Hostel da Vila

A localização fica a umas três quadras do mar e mais perto de vários restaurantes e mercados.

As acomodações privativas oferecem café da manhã e estacionamento inclusos na diária. As demais podem usufruir pagando à parte. 

Outros serviços incluem Centro de Mergulho, Bar e Lanchonete, WiFi grátis, lavanderia, passeios e atividades náuticas com parceiros.

Mais informações no site do hostel

Outra opção interessante em Ilhabela é contratar um passeio da Ilhavela Charters com pernoite no veleiro. Nossa ideia era passar uma noite e intercalar com o hostel, mas o tempo não ajudou naquele fim de semana.

Caso prefira reservar esta ou outras hospedagens no Booking.com, ou no seu buscador de preferência, clique nos links abaixo:

RESERVE NO BOOKING  |  COMPARE VALORES NOS SITES DE BUSCA

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

A hospedagem foi cortesia para a produção do vídeo sobre São Paulo para a revista holandesa Wideoyster.

INICIAL » BRASIL » SÃO PAULO » ILHABELA » Hostel da Vila oferece casa na árvore, glamping, kombi e mais
quero dicas do Brasil
Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 14 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta